terça-feira, 3 de maio de 2016

Acabou de acontecer...

Ana acaba de tomar banho, eu passo-lhe creme no corpo, ela mira as pernas e sai-se com um:

"Ó mãe, já me fazias a depilação, não?"

...

...

...

Já era altura das Tartarugas Ninja terem um reforço... feminino

Eu e mámen a discutirmos o que fazer à Clara (estava mesmo falecida: paz à sua alma).

Ele sugere que a enterremos no quintal.

Eu acho que a deveríamos mandar pela pia abaixo.

Ele olha para mim, escandalizado: "Mas tu és insensível ou quê? Pela pia abaixo?"

Respondo, de imediato: "Mas se ela for para o esgoto pode ressuscitar numa tartaruga ninja, pá!"

...

...

...

Sabem aquela vossa amiga enjoada que quer sempre armar-se em contra-corrente e nunca gosta do que toda a gente gosta?

Então, essa amiga sou eu - não é de propósito, juro (sou mesmo assim),
Não ligo peva à moda desde a minha adolescência. Lembro-me perfeitamente quando foi, foi na época da matéria da média, moda e mediana na disciplina de Matemática no liceu e aquela bendita definição: "Moda : valor mais frequente num conjunto de dados. ". Ora eu agora ia lá ser uma maria vai com as outras, usar aquela coleirinha de veludo ao pescoço a fazer de fio porque um maluco qualquer criador de moda decidiu que aquilo era bonito? Usar brincos de plástico fluorescente ainda a cheirar a batas fritas porque toda a gente o fazia? Caguei para pertencer a grupinhos, usar roupas iguais às minhas amigas, todas a querermos ser tão especial e únicas, tão adolescentes e a marcar a diferença e depois todas iguaizinhas, em série, porque a moda nos "ditava" o que era bonito o o que era socialmente desejado que usássemos.
Acabou aí, graças à professora Vera de Matemática a minha cena com a moda. A partir daí a coisa rege-se da seguinte forma: gosto do objecto? acho-o bonito? fica-me bem? Compro. O estar na moda dá-me o mesmo. Se EU gostar, se EU achar bonito e se me ficar bem compro, se estiver na moda, olha que bom, se não estiver na moda, olha que bom na mesma.
Isto tudo para vos dizer que nunca, nem uma vezinha que fosse, comprei uma revista de moda. Aquela tara pelas Vogue e beca beca, sabem? Pois, eu não sei.
Mas hoje, hoje não pude deixar de querer muito comprar a minha primeira Vogue. Tudo por causa deste menina aqui:


                  

 Bo Gilbert é uma das modelos da edição britânica de Maio da revista “Vogue”. 
Tem 100 anos. 

O Mundo divide-se entre...

... as pessoas que após ouvirem alguém espirrar dizem "santinho" e as pessoas que dizem"saúde". 

Não não-spoilarás o Game of Thrones do próximo

Uma pessoa está a resolver tartarugo-dramas e não consegue ver o episódio em tempo real. 

Uma pessoa e o seu cônjuge decidem sentar-se, finalmente, já bem à noitinha, a assistir ao episódio não sem antes munirem-se do respectivo balde de pipocas. 

Uma pessoa, que é meio hiperactiva, pensa: "Ah, vou estar no computador ao mesmo tempo que assisto ao GoT que assim despacho trabalho."

O cônjuge de uma pessoa avisa: "Não abras o facebook que vais levar com um rancho de posts com spoilers".

Uma pessoa, que tem duas contas de facebook, responde: "Ah não, na minha conta de facebook pessoal é tudo gente certinha, não vai haver spoilers. Tranquilo."




Pois...