terça-feira, 22 de outubro de 2013

Eu fui ao Oporto Kids Market- II

Outro fenómeno a que assisti no Oporto Kids Market foi ao das mães se vestirem como as filhas. Não era propriamente terem uma peça a combinar (isso acho giro!) mas as mães vestirem-se como se fossem meninas: com macacões de ganga com fitas de cetim a atarem nos ombros ao género dos fofos dos bebés e vestidos tipo bibes aos quadradinhos com bolsos. Ainda esperei ver alguém de babygrow ou gola à Camões na sua própria interpretação fashion mas eu não percebo nada de moda, como se sabe.
Para além de tudo o mais, ir ao Kids Market fez-me sentir com obesidade mórbida. Sim, porque isto de mães com desculpas de aumento de peso pós parto até a criança ter 5 anos só mesmo em Alcabideche, na minha rua e no número da minha casa. Eu bem vi que havia lá gente que de frente parecia que estava de lado e até me cruzei com a primeira dama da Invicta e mais aquela senhora que namorou com o Ricardo Trêpa e fiquei com uma autoestima do tamanho das coxas delas: magérrima.
De repente, tive uma epifania e descobri a moda das modas que as mães não magérrimas ainda não tinham descoberto no OPK: o burko-laço matchi-matchi.
O burko-laço é a arma mais poderosa na pinha das meninas e protege as suas privacidades e as suas identidades contra malucos, tarados e afins, uma vez que lhes esconde completamente o rosto e é um número acima dos modelos laço XXL. A ver a título exemplificativo:

Ninguém diz que é uma imagem exemplificativa da Ana, pois não?
 
Ora, o burko-laço para além de muito fashion-útil na cabeça das meninas é super giro na cabeça das mães, madrinhas e tias, especialmente quando como é o meu caso, sou uma mega blogo-star fashion e não quero ser reconhecida na rua, especialmente nestes eventos, pois há sempre alguém que larga um "C'orror, estás tão anafadinha!" e não há necessidade.
O burko-laço é uma poderosa arma para a autoestima pois faz as mães menos elegantes terem a cabeça sempre erguida (pudera, com o peso daquilo...) e não serem discriminadas no mundo de pandant da blogo-maternidade.
 
E tu, camarada, tens mais de 18 anos, já és mãe e pesas (só um bocadinho) mais de 50 Kg?
Adquire já o teu burko-laço! 

6 comentários:

Maria Mar disse...

Eu sempre adorei o teu blog pela forma franca como (des)escreves o que observas e o que sentes. Quando li que ias participar no PKM pensei, "prontos" a minha ursa vendeu-se ao consumo, fiquei triste e agora com vontade de me bater. Essa vontade nasceu de pois de ler as tuas observações sobre o que ia pelo PKM, afinal a minha Ursa tá cá e inteirinha.
Quando estive na festa do Outono em Serralves observei a tribos dos laços e golas de Camões e o que mais me ficou a "bater" foi ver que os/as meninos/as dessas tribos não brincavam muito ... devia ser o peso das golas ou dos laços ou do trabalham que dava voltar a ter aquilo tudo direitinho ....

Divagações de uma Açoreana disse...

O quê ? Não podemos usar como desculpa " o miudo que nasceu há 5 anos atrás ???" Tou tramada...e eu que agora comecei a usar, oh pá ainda não recuperei do 1º e agora com o 2º então !!!! Não sei quando isso volta ao sitio. Quer dizer até sei. Com as mãos do Angelo Rebelo isso ia lá que era uma lindeza.

dona da mota disse...

Ahahahahahahah
Eu tenho 18 anos 2 vezes e filhos 3 vezes, logo, preciso de uns 5 burko-laços, ok? Cores discretas!

sushi disse...

vais ficar bilitriolária com essa descoberta extraordinária Pólinho :)

coisasquetaiseafins.blogspot.pt

Rita CutxieCutxie disse...

É, sem qualquer sombra de dúvida, a peça que faltava!

O Sexo e a Idade disse...

O quê????
Tu não me vais dizer que não posso justificar o meu (pouco, quase nada, mas vá) aumento de peso, dizendo que fui mãe há 19 anos!!!
Onde é qu´eu arranjo um burko-laço desses!
Quero já um de cada cor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...