domingo, 13 de outubro de 2013

I don't want to miss a thing

Deitámos a Ana e fomos para o sofá ver um filme. Cafuné, o melhor bolo veggie do Mundo, chá de roibos com especiarias e adormecemos na sala até que a Ana choramingou e eu me levantei em seu auxílio.
A minha filha manhosa estava agarrada às grades da cama, a murmurar repetidamente "mãããe" e eu não tive outro remédio senão pegar-lhe ao colo, este músculo que é o meu colo, para a tentar adormecer novamente. Cantei, embalei-a e nada.
Acabei por me deitar na minha cama com ela, ela a ocupar 3/4 da cama, cabeça contra o meu peito, pés na cabeceira do lado do pai- que continua a dormir no sofá, não sei se o acorde...- sorriso nos lábios enquanto dorme, pestanas de avestruz, cabelos de oiro.
Puxo o computador da mesinha de cabeceira, quero guardar este momento de amor aconchegado, cheiro a bebé-caramelo nos lençóis, cumplicidades entre mãe e filha com uma banda sonoro. Ligo o spotify e só me ocorre uma apenas e, de repente, cada música pode encaixar neste amor maior, cada musica de enamorados pode retratar esta paixão maternal, a Ana compila, afinal, todas as letras e melodias mais belas do Mundo neste corpo pequenino, cara de boneca, olhos-faróis...
A música toca, finalmente, e eu vou acabar este post, retrato com palavras destes minutos e da felicidade cliché e simplista de, agora, poder ter noites perfeitas assim.

7 comentários:

Petra disse...

Coisa mais fofa.

Kuski disse...

São tao bons esses momentos de cumplicidade mae-filha ou filha-mae :) imagino o teu ar apaixonado :)
E deixa lá, os sofás tb sao confortáveis para dormir uma soneca :)

Vanessa disse...

Oh Polo Norte, não tinhas criado um blog para estes posts?
E não me respondas que há mais opções aqui do lado direito, porque não há nenhum outro blogue como este.

Pólo Norte disse...

Oh Vanessa,

A menina não seja mau feitio, quer lá ver que agora não posso falar de assuntos do meu coração aqui tb?

Já não leva aqui com conversas de melhores sticks contra nódoas negras e como organizar festa infantis, deixe-me lá escrever sobre o meu amor, vá, deixa? deixa? :P

Isabel Simões disse...

Que ternura!

sushi disse...

lindo :)

Inês disse...

:)

http://www.youtube.com/watch?v=VONywcxEQqA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...