segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Post cheio de palavrões mas a culpa é da falta de hidratos de carbono que me afecta grandemente a pouca massa cerebral que ainda não se me sumiu com a dieta. Falaram em massa? Nham nham...

Queria mesmo dizer que fazer dieta é mainstream e cool e tal e que afinal o corpo habitua-se e já não me custa nada mas QUARAILHO ISTO É UMA BELA MERDA, não se habitua coisa nenhuma, e eu não gosto de comida saudável, gosto é de merdas que fazem mal tipo doces de colher e massa e batata doce e castanhas assadas e cozidas com erva-doce e se o Mundo fosse justo a alface é que fazia engordar e puta que pariu as gelatinas.
Também queria ter um metabolismo fabuloso tipo "ah, eu como tudo e não engordo de maneira nenhuma, sou o contrário posso comer tudo o que me apetece e nem um grama, às vezes até tenho que fazer dieta para engordar, vejam lá..." e PUTA QUE AS PARIU A TODAS.
Estou mal humorada, tonta e com o cérebro mais lento do que quando estava grávida e olhem que a coisa, nessa altura, estava num estado lastimoso. Hoje, por exemplo, queria dizer à minha amiga Filipa que andava a sentir falta de hidratos de carbono e disse-lhe, convictamente, que me fazia muita falta dióxido de carbono. Estou toda fritinha- juro-vos.
Não fosse ter que emagrecer por questões de saúde e contava-vos a dieta dos 31 dias...
Na busca de mais gente que sinta empatia pelo meu estado de espírito dietoso acedi a um grupo de auto-ajuda no facebook de pessoas que também estão a fazer a dieta dos 31 dias.

Mousse de manga, sim, sim. Come também baba de camelo com leite condensado magro, ó esperteza de hortaliça...

Pesinhos? Chispes? Ah não, pesos pequeninos? Ó filha, se fossem pesos...inhos a malta fazia lá dieta, pá?

"Vosses" estão com tanta fome que comem hífens, certo?


E morreres, han?


Portanto.. eu já pertenci a um grupo de auto-ajuda. Antes passar fome sozinha, caramba! 
Ou cagar um pé até ao pescoço. 

22 comentários:

Mariana B. disse...

Xiii, tu sai desse grupo enquanto podes. Isso é a pior coisinha que existe e não ajuda nada à dieta. É um bando de "gajas" acéfalas que só têm interesse em dizer mal umas das outras e criticar tudo e mais um par de botas em vez de serem construtivas para a dieta. Estive lá um mesito e não aguentei o "gajedo".
Ah e sim, essas perguntas da mousse de manga e outras semelhantes, são recorrentes. Não tenho paciência para malta estúpida.

M D Roque disse...

Apoiado a 1000 por cento no que toca a dietas. Prometo que um dia vou pensar nisso, mas enquanto o dia não chega, é de enfardar, e tudo o que vier à rede... fruta, queijo, chocolate...nhammmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm

cantinho disse...


Pólo Norte, não vá em tretas.
Quem tem vontade de fazer dieta, sabe como o fazê-la.

Moça dos Padrões disse...

Dá-lhe 2 semanas para o organismo se habituar mulher!!
Vais ver que o cérebro não vai dar mais curto-circuito. Bota-lhe nos sumos, mas não é aquelas paneleirices dos mix's que isso fica com polpa com sabor horrível. Tenho uma máquina porreira que passa tudo a puré e só passa sumo líquido xpto. Assim gosto :)

Anna disse...

Concordo inteiramente, todas devíamos ter metabolismos maravilhosos! Mas principalmente todas as pessoas que gostam de comer deviam poder comer sem engordar!!
É que todas temos aqueles amigos que comem que nem uns alarves e não engordam ou então são magros até meter dó e não gostam de um chocolatinho ou um bolinho! É uma tristeza!!
Agora também estou a fazer dieta, mas não sei se vou conseguir cumprir à risca até ao fim!!

Sofia Loves disse...

Acho que começo a perceber o estado de uma amiga hoje no FB:
"38 cm... :("

Bigodes de Nata disse...

Isto não abona muito a meu favor, uma vez que não ando a fazer dieta, mas essa cena de dizer convictamente uma coisa e ser outra, ultimamente cá em casa tem sido o prato do dia. A última foi em conversa com o meu marido enquanto ele segurava uma caixa preta :"ouve lá, de onde tiraste essa caixa vermelha?".... ele costuma ficar muito sério a olhar para mim quando digo bacuradas destas e então eu faço rewind na minha cabeça, tal MEO, e oiço-me a dizer disparates deste género... Qualquer dia chamo-lhe outro nome qualquer e depois temos o caldo entornado.... :)))




ADENDA
só para dizer que a menção às palavras "prato do dia" e "caldo entornado" são meras forças de expressão, nunca foi minha intenção fazer-te pensar em comida.... :)

Alexandra disse...

Agora muito a sério! Essa dieta não é saudável. Suprimir os hidratos de carbono por completo não é saudável aqui nem na China. Além do mais, estás a habituar o teu corpo sim. Estás a habituá-lo a sobreviver com pouco e qual é a consequência disso? O metabolismo baixa ainda mais.

Tudo necessita de um equilíbrio. Naturalmente essas dietas obtêm resultados rápidos mas passado uns tempos, não só enjoas e voltas às farinheiras em força e com muita fúria, como recuperas os teus quilos e os das vizinhas.

Os nutricionistas são, na maioria, pessoas loucas. Frequentei um ginásio onde o parvalhão do nutricionista - super-conhecido, autor de livros e tal - passava dietas miseráveis às pessoas que tinham excesso de peso e começavam a treinar pela primeira vez na vida. Resultado: Desmaios, lesões, coração mais para lá do que para cá. Ninguém vive de alface.

Chega uma altura em que temos de tomar opções para que as coisas corram bem, Polo Maria. No meu caso, adoro comer, portanto, como não vou abdicar disso nem com uma pistola encostada à cabeça, o exercício diário é fundamental.

Começa pelo básico: Aquece um pouco as articulações, música alta e go crazy. Só aí gastas umas boas sandes de mortadela.

Essa dieta deveria ser punida no Código Penal, isso sim!

Lullaby disse...

ora bem eu comecei ha 2 meses no ginásio e com uma dieta que não é dieta nenhuma - ou melhor, não é a dieta de ninguém.
como aveia ao pequeno almoço (com iogurte magro ou, se for treinar, uma banana esmagada), peixe e carne sempre só com legumes, sopa sem batata, gelatina, barras de cereais, pão integral (não deixei de comer pão e até como com philadelphia e compota. e que?), iogurtes magros e essas coisas todas q metem nojo - mas que não são assim tão mas de se comer. não suprimi totalmente os hidratos pq isso é parvoice (tendo em conta que trabalho até à 00H e preciso de energia), simplesmente não como hidratos depois das 19h e ingiro uma maior quantidade nas horas em que desgasto +energia. não tenho dia da asneira por princípio, mas a semana passada apeteceu-me um chocolate quente e lá teve mesmo de ser. sem stress.
não estou infeliz, não ando a passar fome e não como uma fatia de fiambre de peru enrolada numa cenoura ao lanche nem um ovo cozido ao pequeno almoço.
sou completamente contra essas dietas porque, como disse e mt bem a Alexandra, o que se perde mt rápido, ganha-se mt rápido.

tenho praí 5 colegas do emprego a seguir a dieta dos 31 dias. começaram porque me viram emagrecer e juntaram-se todas em redor do livro. passou uma semana desde que elas começaram e estão todas a dar em loucas.
eu entretanto em 2 meses, ao meu ritmo, perdi 10kgs, treino de 2a a 6a (quando os horarios me permitem) e estou super motivada.
descobri novos pratos, passei a adorar salmão grelhado e courgette, por exemplo.
e eu também sou um bicho da cozinha, daqueles que cozinhavam 2 bolos por semana e adoram lasanhas e assados no forno com batatinhas.
mas, depois de um ano péssimo, escolhi pensar em mim, porque achei que 75kgs era demasiado num corpo de 23 anos.
por isso no fundo é tudo uma questão de nos focarmos num objectivo e não sermos assim tão radicais... Força Pólo, tu consegues :)


ah e eu não deixei de beber alcool :D

Ana disse...

Eu estou com a Alexandra. Não sou médica nem nutricionista, mas estou a tirar um curso na área da saúde que me obriga a saber destas coisas...

A verdade é que uma dieta sem hidratos de carbono é prejudicial. Nós precisamos de moléculas de glucose para o organismo funcionar em condições, caso não existam ATP's (energia) provenientes da glucose, o organismo forma corpos cetónicos, que podem levar a cetoacidose metabólica e tudo. Daí a dieta pobre em hidratos chamar-se "dieta cetogénica". Para o organismo funcionar em pleno, precisamos à volta de 100gr de açúcares por dia. Agora pensa... Óbvio que se os retirarmos de repente, o organismo ressente-se.

Pólo, eu desde há uns tempos para cá perdi mais de 15kgs. Já tinha feito uma dieta tipo a dos 31 dias (dieta 10 de seu nome, faz o favor de fugir disso), em que os hidratos estavam limitados a uma tosta de manhã. Perdi muito peso, 10kgs para ser precisa. Guess what? Engordei 15 a seguir.

Onde quero chegar: sei que não podes fazer todo o tipo de desportos mas a verdade é que algum tens de fazer! Para se perder consistentemente tem que se ter uma alimentação equilibrada (retirar hidratos ao jantar, abolir as goluseimas para começar), isto é com um pouco de tudo mas reduzindo quantidades, e fazer-se desporto. Se não o que acontece é que páras a dieta e engordas tudinho. Mas é que é tudinho mesmo, isso é certo, e com sorte vêm mais alguns.

Esta cena de se perder peso é complexa e envolve acima de tudo uma motivação que só nós e Deus sabemos, mas a verdade é que já que nos esforçamos e privamos, ao menos que seja uma coisa que dure. E isso só consegues se fizeres exercício. Sei lá, caminhadas? tens uma wii onde consigas fazer alguma coisa? Natação? Ginásio, deves poder fazer alguns exercícios.

Há que entender um conceito: o balanço energético. Para perder peso temos de retirar calorias ao que fazemos normalmente, gastar mais calorias ou ambas (idealmente). Se só fazes uma dieta em que retiras calorias e não fazes desporto, quando começares a reintroduzir hidratos de carbono vais engordar. Isto é tão certo como 2 e 2 serem 4.

Já para não falar que o desporto aumenta o teu metabolismo. Ou seja, mesmo acabando uma aula no ginásio, o teu organismo estará a queimar gordura durante mais umas horas.

Beijinhos e desejo do fundo do coração que sigas firme com a reeducação alimentar. Esse passo custa a dar, custa pra xuxu (pra caralho mesmo) mas compensa. Compensa muito. Tudo de bom, Pólo. Se calhar não ajudei muito, mas a intenção, essa era a melhor.

Ana disse...

Já para não falar que essa gente com essa dieta a perder 3 kgs por semana chega ao fim de três meses e deve ter aquele corpo todo assassinado.

"depressa e bem, não há quem".

Leididi disse...

Credo pá, toda a gente diz mal da dieta dos 31 dias. A mim não me está a custar quase nada. Mas a verdade é que gasto pouca energia por enquanto. Mas de qq forma todos os nutricionistas são contra os hidratas, a menos q sejam integrais ( o horror). Não sei se são loucos ou não mas certamente percebem mais disto do que eu, não?

Sérgio disse...

Caríssima Polo,
Primeiro o mete nojo:
Sou daqueles com metabolismo para lá de eficiente o que me permite, pelo menos até hoje, controlar muito bem o meu peso;
Sou daqueles que adora comer e que come sem preconceitos;
Agora a parte séria:
Da minha cara-metade já não se pode dizer o mesmo. Tinha peso a mais e tudo o que comia via-se na “barriguinha” até que………………descobriu a “dieta” do sangue (não sei se é assim que se chama). Primeiro não é uma dieta no sentido em que não deixas de comer “nada” pura e simplesmente selecionas os alimentos que ingeres de acordo com o teu tipo de sangue. Posso-te dizer que há muito legume e muita fruta que não fazem nada bem ao teu corpo. E sim neste caso em particular já lá vão quase 3 anos. O exercício, como já aqui foi dito, também é importante.
Mas o mais importante de tudo é que tu estejas motivada, e acredito que estejas.
Muita força

Cláudia disse...

Toda a vida fiz dietas e nunca deixei de ter peso a mais.

Há uns anos fiz uma dieta super rigorosa em que consegui perder bastante peso e estranhamente não o voltei a recuperar.
Mas sofri com isso, e identifiquei-me com o teu post, andava infeliz e andava de mau humor e sem paciência para o mundo.
Dei por mim, a comer alface (durante as primeiras 2 semanas da dieta tive que cortar com os hidratos e só comi alface) com atum em água e a chorar. Sim, eu que adoro comer, estava a jantar e a chorar.
Passei muita fome e jurei a mim mesma que nunca mais iria passar por isso. Gorda, mas feliz.

Agora, estou novamente a "fazer" dieta. Mas uma coisa muito mais leve e se tiveres interessada posso passar-te as recomendações.

Estou no ginásio, ando lá há 2 meses e sinceramente já pensei em desistir umas 50vezes, mas como o meu gajo também lá anda, motiva-me a ir.

Tenho noção que nunca serei magra, e sei bem as coisas que me fazem mal e devia evitar. Mas caramba, gosto de comer e nunca mais volto a fazer uma dieta que me "obrigue" a passar fome.

Por isso, força nisso Pólo, estou contigo :D

Cláudia disse...

Só mais uma coisinha, até pensei arranjar algum medicamento que me aumentasse o metabolismo...
E comecei a tomar o CLA, porque vi no teu blog e ando a tomar há uns 3 ou 4 meses. Não sei se está a resultar. Não engordo, mas também não emagreço :)

Lady Ana Ricci disse...

Pensa positivo, sempre poderias usar isso da auto-ajuda como segredo para entrar na Casa dos Segredos! AHAHAH

Unknown disse...

Eu vinha dizer o mesmo que a Ana e a Alexandra disseram, então vou só acrescentar que a batata doce e as castanhas são das poucas coisas que não tem fazem mal nenhum.
E reforço a ideia que os hidratos de carbono são necessários e a sua insuficiência desequilibra o que se pretende equilibrado (o corpo).

Beijinhos,
Ana

Sara disse...

Não concordo nada com tanta critica a dieta dos 31 dias! Eu fiz a dieta Lev, muito mais restrita e perdi 15 quilos. Desde maio não recuperei uma grama... Não como como dantes, cortei para sempre bolos diários e fritos. Mas como hidratos ao almoço e, ao fim de semana, tudo o que me apetece. E bebo uns copos... Nisto das dietas nao há verdades absolutas, cada corpo e diferente... Sou saudável, análises tudo ok e com muitas baldas ao ginásio, passo semanas sem ir

Lis disse...

http://www.youtube.com/watch?v=SAtjd577MKE

SN disse...

Para quem gosta de comer... dá muito jeito ser má cozinheira. Eu sou uma nodoa. Nem os meus filhos gostam da minha comida. Depois, basta nao ter tentaçoes em casa e voila. Peso certo. E nada de bimbys a fazer molhos e bolos e essas porcarias todas. Passa mesmo por uma reeducacao alimentar. Caso contrário, o peso volta. E se nao podes praticar exercício dá com força no sexo.

Ana disse...

Gente, óbvio que as nutricionistas não são contra as dietas sem hidratos porque com essas dietas têm clientes satisfeitas e motivadas (aquelas que não desistem na primeira semana).

Dei apenas a minha opinião baseada nos conhecimentos que tenho na área e no meu próprio exemplo. Na minha opinião, uma dieta equilibrada ajuda a perder mais devagar mas consistentemente, isto é, perde-se para nunca mais voltar a ganhar (partindo do principio que se vai comer equilibradamente para sempre).

Claro que cada corpo é um corpo mas eu a fazer uma dieta quase zero hidratos, se num fim de semana abusasse, na semana seguinte acusava na balança. O corpo estava "precisadinho", assim que apanhava açúcares e gorduras acumulava, tendo em conta que estava em privação.

Acho muito mais saudável e rentável fazer uma dieta mais abrangente, onde se perca com mais "calma" mas que se perca a sério, com os hidratos necessários para o funcionamento basal, para permitir energia para fazer exercício mas não em excesso para ganhar peso em vez de perder. Just my 2 cents.

lucia100 disse...

O problema da motivação é que todos queremos resultados rápidos e não temos paciência para perder meio kg por semana. Depois tudo conta, estilo de vida, idade etc. Com 45 anos de vida e praí 20 de dietas, umas mais malucas que outras, já percebi que não há milagres, gastar mais do que se ingere é o segredo.

Como tb adoro comer, vou tendo mais ou menos cuidado e tento gastar bastante no ginásio, e sim, a dança foi a minha salvação, mais propriamente o Zumba, nada melhor para perder belas calorias.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...