quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Programa para o fim-de-semana: andar com a cabeça nas nuvens




Quando eu e as meninas que estavam a organizar o "Todos por Um" começámos a receber emails de pessoas a oferecerem artigos e experiências para venda cujas receitas reverteriam a favor do Rodrigo, confesso que as ofertas mas inóspitas vinham, sabe-se lá porquê, dos leitores do meu blog. 
Desde o estúdio de tatuagens da querida Marina e su muchacho (que ofereceram todas as receitas do trabalho de um dia, in loco, ao Rodrigo) , até à oferta que tive- com muita pena- de declinar de uma famosa stripper que oferecia uma table dance para leiloar (true story e mais "quem dá o que tem, a mais não é obrigado! Montes de beijinhos se me estás a ler!), a um fim-de-semana de tratamentos termais ou num monte de luxo, tudo o que os leitores do Quadripolaridades ofereceram era, para mim, único e especial. A Andreia coroou esta minha convicção com a oferta de voucher de um voo de balão. A coisa mais "wow" ever!
Na altura fiquei com pena de não o ter comprado e com um amargo de boca por, mais uma vez, adiar um sonho antigo: o de andar, literalmente, com a cabeça nas nuvens. 
Este fim-de-semana o assunto fica resolvido: começou no dia 11 a 17ª edição do Festival Internacional de Balões de Ar Quente, em Alter do Chão e Fronteira (Alentejo). É uma competição que traz 38 equipas de todo o mundo e a organização (isto é, a Andreia pólete) permite batismos de voo consoante a capacidade dos balões.
Domingo será- finalmente!- a minha nossa vez!

4 comentários:

Lady Ana Ricci disse...

Eu tentei explicar a uma menina de sete anos o que era um missionário e ela respondeu-lhe "Há um missionário brasileiro que fez uma festa de anos de luxo"

Divagações de uma Açoreana disse...

ESPECTACULAR !!!!
É nessas alturas que fico com um pouco de pena ( mas muito levemente mesmo ) de não viver no " contenente " . Ia ter uma festa de aniversario em grande beleza. Adorava andar de balão.

Suse Costa disse...

Ó Polo e um link do programa da festa ou coisa que o valha não há?

av disse...

Vais-me perdoar, mas eu achei a coisa um pouco chata... É que não se faz nada lá em cima! Já saltar em queda livre num salto tandem foi mais a minha onda :P

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...