sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Vou começar a fazer desporto ( e sinto-me mais ou menos como um condenado a caminho da cadeira eléctrica)

Opções prescritas pela médica:

1. Hidroterapia

Pontos positivos:
Sociabilização inter-geracional. Já me estou a ver: eu e aquela senhoras reformadas dondocas que vão ao cabeleireiro duas vezes por semana e vão à piscina mas não molham o cabeção. Muita matéria para posts neste blog.

Pontos negativos:
Os professores destas modalidades não costumam ser os gostosões dos ginásios.
Não sei nadar.
Ter sempre a depilação impecável e em dia. (Qual é o próximo desporto mesmo?)


2. Yoga

Pontos positivos: Muita matéria para posts neste blog.

Pontos negativos: Aquelas posições com nome de flores lembram-me sempre flores e ervinhas que se fazem rir. Ou nomes de índios bebés. A ideia só em si, de mim a fazer yoga e "oooommmmmmssss", de olhos fechados sem resistir a abir a pestana, de repente, para ver se apanhava outros desertores faz-me gargalhar. Dá-me a sensação que nestas aulas são só gajas o que é um factor dissuador. Deve ser a modalidade com o mair índice de professoras bonitas, zens e magérrimas de todas (e isso dá-me cabo da auto-estima). Sou tão concentrada como um gafanhoto.

3. Pilates

Pontos positivos: Parece que é capaz de me dar cabo das banhas da barriga e ajudar nos músculos pélvicos e tudo o que daí advém (piscar de olho). Muita matéria para posts neste blog.

Pontos negativos: um elefante do circo em cima de uma bola é capaz de ter mais equilíbrio que eu. O nome da modalidade evoca-me sempre cenas fálicas. Não vai correr bem.

18 comentários:

mãe disse...

sugestão: Zumba (sim, tb pode se na caneca) :P

Pedaços disse...

Já fui a uma aula de Yoga e a professora tinha uns bons quilos a mais... É só para dizer que não é regra serem professoras magrinhas. E a aula também foi dada por um professor ;)

Kuski disse...

Se a escolha for Pilates, sou capaz de te fazer companhia :)

Isa disse...

He pá, e não há mais opções?? Ah, e o pilates fortalece imenso os músculos (verdade!!), mas se o objectivo é perder banhitas, então exercício cardiovascular, faxavor!

onónimo disse...

desvalorizando esses irónicos preconceitos, a hidroginástica é excelente para começar. ou o ténis ou o cicloturismo.
cumprimentos.

A Gata de Saltos Altos disse...

Só custa começar, depois vai ver qu enão quer outra coisa! ;) Desporto faz bem, mantém a máquina viva =)
Gosto muito de pilates, aconselho, principalmente, para quem não estava habituada a fazer desporto.

Um beijinho e bom fim-de-semana *

http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

Leididi disse...

Estou ctg miúda.e não me tinha lembrado de Pilates. Vou investigar.

Alexandra disse...

Ahahah! Boa! Confirmo. Desporto dá muiiiita matéria para posts. Nem imaginas a dança. Só não escrevo porque cada vez que o faço aparece sempre uma alminha a dizer "Já sem quem és! És a Alexandra...".

Dicas:

1. Mentaliza-te: Os primeiros tempos para quem não faz desporto são danados. Parece que estás a atacar o corpo, o corpo resmunga, custa muiiiito mas depois de passar essa fase (Dura duas semanas ou três, se o fizeres com muita regularidade.), entrarás na fase do vício (Novamente, muita regularidade é necessária!) e depois será o inverso. Vais adorar e o corpo ressentir-se-á se faltares.

2. Por muita tentação que haja, não caias NUNCA na asneira de ir um dia e nos dias seguintes não ires porque estás dorida e cansada. Aí sim, terás dores a sério. As piores são as dos 3º e 4º dia. Convém ir no dia seguinte para te livrares mais depressa do ácido láctico e, logo, teres muito menos dores. Isto não é treta. Ir um dia e não ir no dia seguinte, por muito que possa custar, é suicídio.

3 - Como em tudo na vida, só te safarás se fores com frequência. Com frequência não são duas ou três vezes por semana. São cinco ou seis vezes por semana com um dia obrigatório de descanso. Não mais de dois! (Confia.)

4 - No início, ganharás peso. É muito bom sinal. É sinal que estarás algures a criar músculo. Qual é a vantagem do músculo? Para além da parte toda da saúde, o músculo queima gordura.

5 - Musculação. Se vais para o ginásio, não deixes de fazer musculação, pelo menos três vezes por semana. Não é localizada, é treino de musculação. Ai que fico com músculos enormes! TRETAS. Nas mulheres, para isso realmente acontecer, tens que dopar-te. Ou fazer culturismo e dopar-te. Qual é a maravilha da musculação para as mulheres? Os homens desenvolvem logo músculo. Nas mulheres, a musculação primeiro queima a gordura e só depois é que começa a criar músculo. Mais músculo, mais gordura queimas. Além do mais, é um tipo de treino que permite continuar a queimar calorias mesmo depois de terminado. Uma hora depois e ainda estás a queimar calorias. Isso não acontece tanto com os exercícios aeróbicos.

6 - Nada mas nada de andar nessa dieta maluca que corta os hidratos. Então para quem começa a fazer exercício é super perigoso. PERIGOSO, leste bem? Consome-os antes de praticares exercício. São fundamentais. Permite-te algumas "asneiras" de vez em quando. Não queres baixar o metabolismo, pois não?

7 - Não desistir. Não desistir. Não desistir.

Boa sorte! Se precisares de alguma coisa ou mais dicas, estás à vontade. Foram muitos anos de ginásio e a passar de quem odiava desporto para adorá-lo e aprender a treinar. :D

Carolina. disse...

Pilates! E os exercícios não são todos feitos numa bola, por isso metade desse ponto negativo é para riscar :p Além do mais confirma-se esse primeiro ponto positivo :)

Gaja Maria disse...

Vai para o ciclismo ou para o btt! Nem te passa o que há de gajos vestidos de licra coladinha ao corpo... O grande problema é que aquilo cansa! :D:D

desabafosemrodape disse...

a mim o yoga lembra-me cãimbras, e as danadas fazem doer como tudo. fiz uma sessão experimental e saí a meio. depois disso tornei-me militante no segmento de tomar decisões ao nível do exercício físico e deixá-las cair.não é nada bom, eu sei!

Bigodes de Nata disse...

Aqui há uns anos fiz hidroginástica com a minha sogra porque a senhora sofre muito da coluna, mas como ela não queria ir sozinha, pensei, olhe que se lixe, mal não me faz. Só tenho a dizer-te que andei muito entusiasmada nessas aulas, ao lado da 3ª idade, porque lavei as vistas como gente grande, e não tem nada a ver com o cloro da água!!!!

Filipa Garcia disse...

Faz uma aula de Yoga com o guru Bruno Reis, vai ver que adoras!! :) Bjs ( se precisares dos contactos diz)

Mamã de Peep-Toe disse...

Pilates é tão booommmmm...isso do equilíbrio vais adquirindo. Não sejas medricas!

Paula disse...

O pilates começa no tapete. A bola é só para quando fores muito avançada e tiveres muita força no soalho pélvico.
Concordo: muita matéria para este blog!
vidademulheraos40.blogspot.com.

Petra disse...

Força nisso mulher, vais gostar... mas tal como ja foi dito, as primeiras semanas vão doer e custar... mas depois vais gostar.

cantinho disse...

Pólo Norte, vai gostar, vá para a frente com isso porque é muito saudável, independentemente se se é mais forte ou menos forte.
Pratico pilates, bodybalance, hidroginástica, tapete, por vezes, cárdio, zumba e esta semana talvez vá para o gap.
E sinto-me muito bem.
Custa um pouquito no início e vai ter algumas dores musculares, mas nada que não se aguente.
Força.


Quando me encontrares disse...

Já sei que vou ser insultada depois deste comentário, mas aqui vai na mesm...
Grande ponto negativo do yoga: a esmagadora maioria dos instrutores não tem as qualificações necessárias para lidar com alunos com doenças músculo-esqueléticas.
Se quiser muito o yoga, tente encontrar um instrutor que tenha formação em Educação Física, pelo menos...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...