segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Se um dia pudesses ter um negócio, uma coisa só para te dar gozo, sem preocupações economicistas, que negócio gostarias de ter?

A minha amiga Catarina diz que gostava de ter uma loja de flores.
Mámen é peremptório e respondeu, na hora, uma loja de brinquedos.
Eu queria um hostel.

E por aí?

88 comentários:

Gina disse...

Uma plantação de Aloe Vera!!!

Jardim da Celeste disse...

Uma retrosaria bem vintage!!!

L. disse...

Uma casa de turismo rural :)

Lady Ana Ricci disse...

Uma casa de meninas... ou, em ÚLTIMO caso, uma sapataria.

kinhas disse...

eu queria uma loja de doces :)

Cristina disse...

Uma livraria

A. disse...

Um parque com Animais abandonados

kinhas disse...

eu queria uma loja de doces :)

dizaine disse...

Uma sala de jantar com porta aberta para amigos e desconhecidos!

catrenata disse...

Um infantário!

Maria-não-vai-com-as-outras disse...

hostel

Lúcia disse...

Uma escola ou um café!

Melody Moon disse...

Eu gostava de ter uma livraria ou uma biblioteca (nem sei se uma biblioteca se pode considerar um negócio, mas gostava).

Melody Moon disse...

Eu gostava de ter uma livraria ou uma biblioteca (nem sei se uma biblioteca se pode considerar um negócio, mas gostava).

Ana na Lua disse...

Adorava ter um reataurante, tipo tasca! Petiscos, bons aperitivos e muita sangria!

Ana na Lua disse...

Adorava ter um reataurante, tipo tasca! Petiscos, bons aperitivos e muita sangria!

Margarida Reis Pereira disse...

Uma wedding chapel ao estilo de Las Vegas!

sarovsky disse...

Um restaurante! :)

Cupcakke disse...

Uma casa de chá com bolinhos e biscoitos confeccionados por moi :)

IC disse...

Uma loja portuguesa, claro. Com Broa de Avintes, alheiras do Pinhão e almotolias de Barcelos. :)

BeijO
B.

Sonia disse...

gostava de ter algo relacionado com festas e eventos adoroooo

Orquídea disse...

Uma loja de convites :)

Kelle disse...

Uma quinta de turismo rural.

CoriscaRuim disse...

Uma loja de vinhos de todo o mundoooooooooo!

Sílvia disse...

Uma livraria :) Onde se pudesse tomar um chá, comer um bolinho ou outra coisa qualuqer enquanto nos perdíamos num livro. Assim uma coisa acolhedora :)

Patrícia disse...

Uma livraria (ia ter tanto prejuízo...)

Bruna Aguiar Melo disse...

Um atelier de ponto cruz e costura. Ou uma loja de roupa infantil.

Mariana disse...

Eu queria um Bataclan como o da Maria Machadão, mas ao contrário, com os gajos a "dar o corpinho ao manifesto" e as miúdas a divertirem-se. Nunca ninguém pensa nas necessidades das gajas, não me parece bem. :)

Timido disse...

Para mim teria que ser qualquer coisa relacionada com informática, até porque com tanta alteração legislativa os consultores de ERP's é que se estão a encher de papel...

Só pelo gozo era mesmo uma oficina auto...

Marta Os Pitinhos disse...

O meu atelier... podia assim passar o dia a criar, a trabalhar no que realmente gosto.
:)

From now on, please, call me Tinkerbell* disse...

Queria ter uma empresa de organização de eventos. Todos os eventos dignos de registo. Acho que os pormenores contam. E eu queria poder dedicar a minha vida a realizar aqueles sonhos e desejos mais surreais. :)

Pipoca Arrumadinha disse...

Um restaurante seria bom!

Lilian disse...

Uma sapataria de criança

Fozeira disse...

Eu tambem optava pelo hostel...:)
Olha,o PPC ainda se realiza?:)
Beijoca

Fozeira disse...

Eu tambem optava pelo hostel...:)
Olha,o PPC ainda se realiza?:)
Beijoca

dona da mota disse...

Um orfanato, uma quinta pedagógica, um turismo rural, uma exploração de ervas aromáticas e outra de ovelhas e uma escola profissional com cursos nas áreas do negócios antes citados. Pronto, era só isto! Está tudo pensado!
:)

cantinho disse...

Eu queria um hostel, tenho espaço para isso, mas não tenho dinheiro para o comprar aos outros herdeiros.

mariana disse...

Uma livraria.

Blogger disse...

Eu tinha uma loja de aluguer de bicicletas e uma escola de surf.

Infinitiva disse...

Algures entre uma livraria e uma agência de viagens :)
(ou uma clínica de reprodução medicamente assistida, tudo a ver! ahahah)

Mar e Melancia disse...

Uma livraria parecida com uma casa na àrvore, com sala de chá e tartes de fruta, galeria, atelier e espaço para workshops. Well, sonhar não paga imposto...

Cisca disse...

Turismo de habitação!

O Sexo e a Idade disse...

Hostel, sem dúvida!

Leididi disse...

Um bed and breakfast cheio de flores :)

rosa do deserto disse...

Gostava de ter (isto é mesmo um grande sonho, caso fosse milionária, aliás, é o meu maior sonho)um espaço enorme (muitos hectares de terreno) para poder albergar todos os animais (especialmente cães e gatos) abandonados, maltratados, etc. Portanto, um sítio onde os bichinhos pudessem ter todas as condições de que são merecedores e com muitos miminhos, claro. E como é que o local com tanta bicharada sobreviveria? Construía uma enorme clínica veterinária que serviria para 2 coisas: o lucro seria para a sobrevivência do espaço e também para cuidar dos hóspedes.

Este era o "negócio" que gostaria de ter caso não houvesse o problema do dinheiro...

Vera disse...

Um spa ou uma produtora de televisão. Tem tudo a ver, eu sei.

R. disse...

Uma casa de chá :)

Bolacha Sofia disse...

uma pastelaria, sem dúvida

Nancy Wilde disse...

Um prostíbulo! Brinco. Um negócio que eu gostasse mesmo?... Boa pergunta.

40sbeauty disse...

Comida!
Adoro cozinhar e gostava de fazê-lo profissionalmente, desde que outra pessoa fizesse as compras e arrumasse a cozinha...

Miss Pipeta disse...

Uma livraria, com a temática "viagens" com um pequeno café :)

Cat disse...

Uma livraria-casa de chá. Fartava-me de fazer bolos para oferecer aos clientes.

Mariana B. disse...

Uma casa de brunches simpática. Muito acolhedora, sem grandes pretensiosismos. Só "morfes" bons :)

Ricardo disse...

Muita gente a querer abrir livrarias... Pobres almas.

Solana disse...

Uma casa de chá!

M D Roque disse...

Um prostíbulo masculino á maneira... dava dinheiro, pensas o quê ???

Conto de Fadas disse...

Eu já tenho o meu sonho: uma loja de caixas de música. :) Não sei bem se foi a melhor opção mas já dura há 2 anos e ainda não fali!!!

Bigodes de Nata disse...

Não é negócio, mas um gatil ahhhh quanta terapia do pêlo.....

Pedro M. disse...

Eu ia para o Brasil e montava um bar de alterne com categoria. Já tenho nome e tudo: Meninas Gerais.

Moça dos Padrões disse...

Uma papelaria / salão de chá e bolinhos caseiros / mini-concertos

Catarina Nogueira disse...

Eu queria um bed & breakfast na Serra da Arrábida - numa qualquer quinta a recuperar, daqueles que por lá há todas a cair...

Só 3 ou 4 quartos, uma boa cozinha para poder alimentar os convidados do melhor que conseguir cozinhar...

Só preciso de começar a jogar no Euromilhões e esperar que saia, lol

Cristinix disse...

Uma livraria e um canil/gatil.

Bala disse...

Plantar legumes, daqueles lindos que nos fazem babar só de olhar (eu sou daquelas que fica com água na boca quando vê um bom molho de nabiças!)e vendê-los.

Só me falta mesmo a coragem para abandonar a vidinha confortável.

Bjs

Cláudia disse...

Uma papelaria... :)
E quando era pequena gostava de ter um video clube :)

Landslide disse...

Uma livraria :)

A Bomboca Mais Gostosa disse...

Gostava de ter um restaurante e uma pastelaria ;)

Lília disse...

Lamento informar, mas ter uma loja de brinquedos sem preocupações economicista deve ser praticamente impossível... falo por experiência própria.

p* disse...

A casa de lanches mais cosy do país e com os melhores bolinhos!

JustViVaLaVida! disse...

Um hostel :)
Ou uma empresa de casamentos.

Margarida One more mum disse...

Tinha uma loja de surf numa praia na Costa alentejana.

Ana Pessoa disse...

um restaurante

Ana Pessoa disse...

ou uma feira popular, vá

Julieta disse...

Uma livraria.

Julieta disse...

Uma livraria.

Sunny Martell disse...

Uma livraria, e é para esse fim que por cá se estuda/trabalha :)

Ana Chagas disse...

Quinta pedagógica, santuário de vida animal, hidroponia, uma escola com currículo alternativo, empresa de arquitectura e construção de edifícios sustentáveis, um lar de terceira idade muito à frente, uma casa de acolhimento para crianças, um templo/ jardim onde se ensine artes marciais, meditação, yoga e afins a pessoas de todas as idades, uma aldeia alternativa, uma pousada, um atl/campo de férias onde brinquemos aos indíos... Parecerei maluca se confessar que tenho caderninhos com plantas, e desenhos, e descrições de tudo isto? ;)

Ana N. disse...

Um atelier de costura!!

0000 disse...

Uma comunidade que resgatasse sem abrigo onde eles pudessem simultaneamente morar, enquanto fosse preciso, trabalhar, dando-lhes valências profissionais, e estudar, administrando cursos e formações. O objectivo era que os próprios hóspedes participassem das lides diárias necessárias para manter o espaço (limpeza, manutenção, restauração e até tarefas administrativas).
Para além disso, utilizar as valências de cada um para tentar obter dinheiro para investir na manutenção e expansão do espaço. Por exemplo, venda de produtos manufacturados e/ou serviços prestados pelos próprios.
Algo deste género :)

rosinha cruz disse...

Uma quinta para turismo rural, rodeada de coisas antigas e muitos, muitos animais.
Beijinhos

Gaja Maria disse...

Ser dona da Eurodisney...

Nanaúuu disse...

uma perfunmaria :D

ME disse...

Uma roulotte de bifanas, pitas shoarmas e hamburguers. A qualquer hora do dia...que à noite gosto de dormir!!!

Dani disse...

Uma sapataria, uma loja de biquínis ou uma agência de organização de eventos.

Divagações de uma Açoreana disse...

Uma plantação de cabanis e muitos amigos na polícia :) tudo para fins medicinais claro e depois abria uma coffee shop estou a brincar :) eu comprava várias casas remodelava -as e fazia uma mistura de hostel com B&B . Com uma carrinha fazia os transferes e tinham uma pequena degustação ( lanche ) apenas de produtos regionais .

Divagações de uma Açoreana disse...

Uma plantação de cabanis e muitos amigos na polícia :) tudo para fins medicinais claro e depois abria uma coffee shop estou a brincar :) eu comprava várias casas remodelava -as e fazia uma mistura de hostel com B&B . Com uma carrinha fazia os transferes e tinham uma pequena degustação ( lanche ) apenas de produtos regionais .

SM disse...

Um restaurante :)

Margarida disse...

O meu sonho é viver no campo, num turismo rural ou hostel. Com quinta pedagógica, permacultura, espaço para workshop ou outros eventos e uma escola com pedagogia Waldorf. Vida verde, frugal e simples.

Espiral disse...

Nao sendo original, mas com a desculpa que penso nisso a 18 anos e nao desde que ficou meio in, uma loja com coisas focinhas e giras, desde tecidos, decoração, papelaria, coisas para cozinha, latas, muitas latas...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...