segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Segunda-feira é dia de baby-post: aguentem!

A Ana tinha feito uma sesta pequenina e eu insisti em dar-lhe um lanche mais levezinho. Fui o caminho todo a rezar para que não abrisse num berreiro assim que chegasse ao Clube VII. Primeiro pré-requisito cumprido: a professora é gira q.b. É que parecendo que não, é o pai que a acompanha nestas aventuras aquáticas e a mim cabe-me assistir de camarote. Não literalmente, mas quase. Mas ter o meu homem num tanque com águinha quente com uma gostosona era coisa para me fazer perder o medo e ter a depilação sempre em dia e substitui-lo em menos de um ai. Portanto: gira q.b. é nice.
 A Ana está mesmo maior desde os últimos périplos da natação. O fato de banho novo comprova-o. Uma mega recomendação: as toucas de malha fazem mesmo toda a diferença, zero lágrimas na hora de colocar e tirar a touca ao contrário do inferno que era com a de silicone. Entrou com muita naturalidade na água e... abriu num berreiro. Menos mal que é para professora ficar logo traumatizada: a partir disto só pode melhorar. E também para se desfocar dos olhos azuis de mámen. Tumbas! Linda, filhinha da mãe, belíssimos pulmões!
Aos poucos e poucos foi serenando e deixando de trepar pelas costas do pai acima como se fosse um gato escaldado. A professora ofereceu-lhe o primeiro brinquedo aquático: "Olha um patinho, Ana. Como faz o pato?"- incentivou o pai, todo lampeiro,apesar da professora ser apenas gira q.b. "Miauuuu!"-foi a resposta.



Devagarinho, a Ana foi apreciando a aula. Ela, o pai e a professora, apenas os três muito tranquilos na piscina de bebés. Sem miúdos maiores a chapinharem à volta, sem pessoas mais velhas a terem usado a água antes, sem aquele cheiro a cloro/lixívia que arranha na garganta. Começou a brincar com os "chouriços", depois com a professora, que é tão querida e teve tanta paciência e atenção exclusiva para a Ana que, de repente, começou cada vez a ficar mais gira aos meus olhos. A aula acabou num ápice. A pele da Ana lisinha e sem alergias. A fralda limpinha e sem cocós. No balneário, exclusivo para bebés, demos logo banho à Ana numas banheiras próprias, secámos-lhe o cabelo com secador e foi tudo tão tranquilo que uma pessoa até estranha.
 Pedi feedback a mámen: "Ah, a professora até que é gira!"- foi a resposta.
 Vou ali marcar hora na depilação que, para a semana, estou lá eu batida.

2 comentários:

Blogger disse...

Fora de brincadeiras.... Vai alternando com o homem quem vai para a agua com a miuda.. Não a habitues a ir só com ele, porque depois pode estranhar o facto de ir só contigo.

mariana disse...

muito muito muito bom xD

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...