segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

O dia em que o Rodrigo me apresentou o Ronaldo

Aquela lei dos seis graus de separação sempre me pareceu uma coisa meio irreal até ao dia que em que eu e as meninas do "Todos por Um", num chat frenético, a organizarmos o evento íamos anunciando umas às outras as generosas ofertas que nos iam chegando via email dos respectivos blogs e páginas de facebook. De repente, recebi um email da Isa que é uma das quadripolares mais antigas deste estaminé e que, por razões que agora não interessam nada, me veio provar que aquela história dos seis graus de separação tem mesmo algum fundamento. Dizia-me a Isa que a Kátia havia falado com o irmão e ele prontificara-se para oferecer para a causa do Rodrigo uma camisola autografada e umas chuteiras. Não percebi à primeira quem era a Cátia e o irmão até que se fez luz: o Cristiano Ronaldo queria juntar-se à causa do Rodrigo. Oh my God!
Fiquei sensibilizada quando, no dia do evento, a Isa me trouxe a camisola autografada, muito bem dobradinha e as chuteiras coloridas rabiscadas pelo melhor jogador do Mundo e eu nem era especialmente fã do jogador. 
A atitude atruísta e abnegada, a atenção de ter enviado em correio expresso a camisola e as chuteiras para a irmã que, por sua vez, teve o cuidado de entregar a camisola usada limpinha e passada, as chuteiras tão coloridas como as cores que gostaríamos de ver recuperar nos olhos, no sorriso e no coração do Rodrigo que morreu, um mês e meio depois, antes do Ebay nos autorizar o leilão online dos objectos, cujas receitas reverteriam para a procura da sua cura. 
O Rodrigo morreu em Junho e coube-me a mim perguntar que destino queria o Cristiano Ronaldo dar à sua camisola e chuteiras, se queria que as devolvêssemos para as poder direccionar para outra causa. Nesta altura, eu já gostava do Ronaldo, da Kátia e da D. Dolores, que tão bem soube educar os seus filhos sensíveis ao Mundo e empáticos com a dor dos outros. Nesta altura o Ronaldo já não era o miúdo peneirento que eu tinha cristalizado na minha memória, a Kátia não era a ideia que as revistas queriam vender-me e a D. Dolores era mais, muito mais, do que aquilo que os outros a resumem. Eu tinha, agora, possibilidade de avaliar, formular juízos de valor, ter impressões próprias desta família de acordo com a minha experiência pessoal e cagando-me na ideia que as revistas querem induzir, dos estereótipos que as imagens a vulso no ecran da televisão teimam em alimentar. O Cristiano Ronaldo estava ali, a três graus de separação de mim. E eu estava rendida. 
Quando percebi que era nossa tarefa agora, reencaminhar os presentes do Rodrigo para que todos os Rodrigos pudessem ser seus donos, a minha garganta atou-se com um nó mudo e os meus olhos encheram-se de lágrimas. 
E no dia em que subi as escadas do IPO e cheguei à ala pediátrica, entregando a camisola e as chuteiras autografadas para serem expostas ali, partilhadas com todos os que vingariam a morte do Rodrigo, os que venceriam a puta da doença, no dia em que vi no olhar da senhora desta imagem esta expressão de gratidão, neste dia, fiquei fã do Cristiano Ronaldo e família para sempre. 
Por isso, hoje, creio que a Bola de Ouro é um bocadinho do Rodrigo e de todos os Rodrigos, também. Obrigada, família Aveiro. Obrigada. 



(E obrigada à Isa para sempre).

12 comentários:

Vanita disse...

Pronto, já chorei.

Rita disse...


Com o passar do tempo, a imagem menos boa que tinha dele e da familia também se dissipou e no lugar desta a criou-se uma muito boa imagem, uma imagem de um ser humano, com valores familiares e humanos acima da média e que usa os meios que tem para fazer realmente alguma coisa. Fiquei muito feliz, não só pelo jogador que ele é, mas porque sei que assim poderá fazer mais, ajudar mais, chegar mais longe!

ML disse...

Pronto hoje é dia do choro fácil!

Parabéns Ronaldo! Parabéns!

Eli disse...

Ursa, se der, aqui vai uma sugestão para ti e demais pessoal:

Jantar de Blogueiros e AMIGOS
Dia 18 de janeiro - sábado - em Lisboa.

(Às 20:30 h)

Se estiver interessado(a) numa noite animada com um toque cultural, deixe mensagem ou envie-me um mail.

Quem tiver espírito que "aguente", contacte-me! :))

Sofia disse...

Estou com lágrimas nos olhos mas, ao mesmo tempo, com um sorriso. Lindo!

Maria disse...

Mania de me fazerem chorar...

Dora disse...

Bonito texto. Gostei muito.
Eu acredito nessa teoria dos 6 graus...daí ser o nome do meu blog :-)

Meg disse...

Obrigada por contares estas histórias. Eu sou uma Ronaldete, também. E nem sabia bem porquê: na verdade, sei. POrque sempre achei que ele era o reflexo do nosso 'sonho americano'. Aquele em que o trabalho tudo permite e consegue.

Mas obrigada por esta história. Aqueceu-me o coração*

cantinho disse...


Ó Pólo Norte, que belo texto.
Vou dilvugar, sim? (com o seu link).
Os nossos juízoz vão sempre para o que vemos e lemos, mas perante este seu testemunho, fico mais rendida às atitudes da família Ronaldo do que ao que virei a ler.
Obrigada.


Obrigada

Lily disse...

E pronto, já chorei... Obrigada por partilhares...

Mary disse...

Há uma faceta que os famosos não conseguem mudar, que é aquela que as resvistas rosa e jornais querem fazer. O Cristiano que está acima do comum mortal em termos de posses, faz o que quiser do dinheiro dele, afinal se tivessemos no seu lugar faríamos melhor?! As pessoas gostam de julgar apenas porque sim. A minha cunhada é madeirense e sempre contou histórias dele por lá, com os amigos e a família e sempre ouvi coisas boas. No meio disto, que também já gostei menos dele, a família está sempre ali, não importa o que falem ou deixem de falar as origens dele, as suas costelas, são sempre vistos a seu lado. Não são todos os corações assim. Não são.
Obrigada pela partilha, ainda para mais relembrando a causa pelo que todos estivemos um bocadinho ligados.

Beijinho*

http://so_risoincognito.blogs.sapo.pt/

Padme Amidala disse...

Estava lá com o João quando ele visitou o serviço...

Um amigalhaço para os miudos e palavras de carinho para as miúdas....

Ele sabe o que se passa por lá...

Bolas, fizeste-me chorar outra vez!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...