segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Cascais para não cascalenses (ou não)

O que muita gente não sabe de Cascais é que o Santini não é, necessariamente, a gelataria preferida da vila e que todos nós brincámos na rampa da outra gelataria, lá no último andar e que cascalense que é cascalense contempla a baía mas nunca toma banho na Praia do Peixe. Que os melhores restaurantes para comer peixe não são os do paredão e que, na verdade, em Cascais se podem beber as melhores cervejas do Mundo ao som de salsa e merengue.
Que há um parque maravilhoso onde as famílias podem brincar, ler, deitar-se na relva, dar comida aos patos, subir ao cimo do Mundo, procurar penas de pavões perdidas como se estivesse a caçar um tesouro e dormir em dias de poesia com estrelas, ir o museu e até casar. Ou tirar fotografias depois da cerimónia na igreja ali ao lado e que pena que tenham fechado o Miese en Scéne. Resta-nos a mezzanine mais gira do Mundo para beber um gin tónico, ali a meia dúzia de metros. 
Que a rua Direita mudou e não foi para melhor mas que alberga o melhor restaurante Indiano de Lisboa e arredores. Que não temos cá padarias da moda mas metemos na sacolinha qualquer sítio que queira ter pão e bolinhos melhores do que os cascalenses. 
Que tomar um café no museu pode ter efeitos purificadores para alma e que ninguém conhece a praia das Moitas pelo nome verdadeiro. 
Que os melhores croissants do Mundo (com gila ou doce de ovos, tanto me faz) vendem-se no sítio mais improvável e que o restaurante desse sítio tem o terraço mais catita da vila. Que em dias de futebol há um boteco escuro que guarda os melhores hamburguers especiais da linha acompanhados por cervejas, tangos, chandys ou afins. Em Cascais ninguém diz panachê.
Um dia, juro, faço um post com muitos links para poder partilhar Cascais dos cascalenses. 
Até lá, deixo-vos achar que Cascais é Santini e o resto é conversa. 

14 comentários:

A'Ca'ti disse...

Pólo, uma pergunta, porque é que eu consigo ir ao blog da Ana (é assim que eu chamo ao Mãegyver)? :( Perdi alguma coisa? Obrigada :) Beijinhos

Maria Guilhermina Marques disse...

bom texto Sim Senhor! Cascais não é Santini mesmo.... e outras coisas...
é isso tudo que disse....

Jo disse...

Muito bom! ;)

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Como esses croissants desde ...sei la...os meus 10, 12 anos? (Ou seja ha coisa de 20 anos...ok...25 anos...) :D

Silent Man disse...

Conheço três spots dos que mencionas... E dou-me por feliz!

sete noites disse...

tão, tão TÃO verdade!! adorei!

Ricardo disse...

Nem mais.
E faltou tanta coisa.

El Gato disse...

Esses croissants são melhores que os do careca??

Ana Rita Gonçalves disse...

Ñ sou cascalense mas já subi tantas vezes ao cimo do mundo com um dos melhores gelados do mundo!!! Parte da minha infância está na linha kd os meus tios nos deixavam andar quase à nossa vontade!!

Acessórios SR disse...

É isso mesmo! Faz parte da minha história desde a barriga da minha mãe. E Ninguém ficou curioso em saber o nome da praia? Eh eh eh E tomar banho na praia do peixe? Nem pensar! :)

Acessórios SR disse...

É isso mesmo! Faz parte da minha história desde sempre! E Ninguém ficou curioso em saber o nome da praia das Moitas? :P Eh eh eh E tomar banho na praia do peixe? Nem pensar! :)

Fil disse...

Melhores hamurgueres especiais mesmo! Ainda este sábado lá fui parar!
Cascais é isto tudo e muito mais.
Beber uma "mini" e jogar um snooker no bar 10...tam«natas e tantas aventuras...
O Palm Beach....:)

Grandes e saudosos tempos!

Adorei recordar.

Beijos

Fil disse...

Melhores hamburgueres especiais mesmo!
Ir beber uma mini e jogar um snooker no antigo bar 10.

O Palm Beach... :))
As 6 horas passadas no tchipepa, só a consumir um café!

Adorei. :)

Beijos

Rui Rubim disse...

Para quem não sabe, a praia das Moitas é mais conhecida por Praia da Rata, que, como todos sabem, é a esposa do rato.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...