domingo, 23 de fevereiro de 2014

De todos os tipos de pessoas que abomino...

... de entre as más, as maldosas, as malvadas, as cínicas, as hipócritas, as fingidas, as acéfalas, as marias-vão-com-as- outras, as pedinchonas, as velhacas, as covardes, as que não pensam pelas próprias cabeças, as poucochinhas, as sem tomates, as que querem agradar a Deus e ao Diabo, as que nunca tomam partido, as "wanna-be", as graxistas, as que estão sempre em biquinhos de pés (a.k.a. "pick me! pick me!"), as mentirosas, as difamadoras, as influenciáveis, as que não suportam críticas, as que não se sabem rir de si mesmas, as "diz-que-disse", as que evitam o confronto, as alcoviteiras, as mesquinhas, as intriguistas, as que não assumem as suas merdas, as que evitam, as interesseiras, as que fogem, as que tiram ilações sem questionar, as oportunistas, as "boazinhas", as "amiguinhas" e as pobres de espírito;  não há nenhum tipo que me enoje mais do que as que não têm coluna vertebral. 

10 comentários:

K disse...

Concordo em absoluto. Faltas de carácter são, para mim, as falhas mais graves - tanto ao nível pessoal como profissional - é que não consegues ter confiança em alguém assim.

Maria Saudade disse...

Daqui a nada não te sobra ninguém!

Mamã Petra disse...

Olha lá andas a ler os meus pensamentos, ando com o dia a dia cheio dessa Escumalha.

Anunciador disse...

Não é facil porque parecem uma floresta, mas tendo paciencia para procurar a fundo (ou esperar que cheguem até nós, por vezes tambem resulta) encontram-se pessoas que para nós valem a pena.

Eva Gonçalves disse...

Faltou aí uma grande fatia existente na sociedade deste belo retangulo à beira mar plantado: os chicos espertos!
http://aaventuraculinaria.blogspot.pt/

M D Roque disse...

Penso que a última categoria é a soma de todas as outras...

Little M. disse...

Ui, que é difícil reunir tanto ser abominável...mais lá conseguiste, ursa! Arreeeee

Maria João disse...

O tratamento para essa doença (falta de coluna vertebral) é aconselhar a engolir um garfo... Dado que, na totalidade dos casos, o caminho da educaçao não é viavel...
(sigo o blog ha anos, m so hoje decidi comentar... Talvez por estar a passar/sentir/dizer o mesmo - em conjunto com um palavraozito ou outro - entre dentes ha uns dias:x)

Juanna disse...

Bom, não acredito que exista alguém que não tenha um ou vários desses defeitos ao longo de momentos da vida. Uma pessoa mente quando vê necessário, dá graxa quando é preciso, tenta agradar a Deus e Diabo em momentos ocasionais, etc. Ninguém está escrito em pedra e o que hoje me parece horrível, amanhã pode ser necessário. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra.

Pipoca dos Saltos Altos disse...

Ena tantas :) é a tal cena "síndrome mulherzinha". Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...