domingo, 23 de março de 2014

O fim do Outono celebrado pela Ana

No jardim cheio de meninos "bem" uns levavam trotinetes, outras patins, umas brincavam com bonequinhas que não queriam partilhar.

Eu e o pai esqueceramos de levar um brinquedo e temíamos uma birra. Ou só a tristeza de quem não traz um brinquedo.

Mas eis que a Ana descobriu um brinquedo e nos deu uma lição sobre a educação não formal.
E sobre a magia da infância.








4 comentários:

BeatrizCM disse...

Além de super querida e inteligente, ainda tens uma criança "féshionista". Que doce! :)

Joana Cruz disse...

Cum catano, tenho fotos da minha filha (que é loira de olhos azuis) com um casaco igual exatamente a brincar com folhas secas no jardim! A única diferença é que o brinquedo não foi esquecido, foi deixado em casa por opção :)

Vera disse...

Eu que tanto critico o ascetismo imposto aos meus sobrinhos, que nem autorização têm para olhar de esgelha para um iPad, tenho de admitir que não há coisa mais querida e enternecedora do que ver uma miúda deste tamanho a dar largas à imaginação e brincar com o que aparece. Coisa mais amorosa!!! Viva a Ana e o esquecimento dos pais da Ana!!!

desabafosemrodape disse...

bom dia, boa semana, e que boa lição daqui pode ser tirada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...