quinta-feira, 3 de abril de 2014

Sobre a polémica número 3436 da Isabel Jonet só dois parágrafos

A Isabel Jonet não tem carisma nem o dom da eloquência. Tem o cabelo ensebado e não simpatizo com ela um boi.
Mas a Isabel Jonet não é o Banco Alimentar e é muito perigoso quando se confundem as pessoas com as causas.

10 comentários:

Heidi disse...

E lá porque a senhora é meio uma nódoa quem beneficia do BA não deve ser prejudicado por causa disso.

Same Old Guy disse...

É tão, ou mais perigoso, como as pessoas que se aproveitam "dos cargos" para, tendo audiência - e muita, no caso - dizerem certas barbaridades.

Valter Cardoso disse...

3.º parágrafo: o que a senhora disse é, salvo raras excepções, uma grande verdade.

Pedro disse...

Óbvio. Mas pensar o BA nas mãos de alguém que diz essas barbaridades faz-me benzer. Porque quem diz barbaridades também as pode cometer. E quero pensar que estou muito enganado.

Dina disse...

E é também é tão perigoso quando os responsáveis por organismos/ empresas/ associações, se esquecem que a imagem deles está directamente relacionada com a entidade que representam!

Cláudia G. disse...

Ela é acima de tudo a cara do BA e tem que se responsabilizar por tudo o que sai daquela boca. Não são as pessoas que têm que separar a bovina do BA, ela é que tem que ter essa consciência.

Valter Cardoso disse...

Isabel Jonet criticou quem não tem trabalho e fica “dias e dias inteiros agarrado ao Facebook, ou a jogos ou a falsos amigos que não existem”, vivendo “uma vida que é uma total ilusão”.
Mas alguém tem dúvidas que isto é verdade? Quem é que se sente ofendido por estas palavras?
Apelidar de "bovina" uma pessoa que, goste-se ou não do que diz, desenvolve um trabalho meritório e faz mais pela sociedade do que a maioria das pessoas, revela muito sobre a natureza de quem o faz.

Pólo Norte disse...

Valter,

Ora leia lá o que eu escrevi.

Valter Cardoso disse...

Pólo,

Claro que compreendi aquilo que escreveu. Pelo teor dos restantes comentários, parece que fui o único.

hpm disse...

Valha-me Deus, até que enfim alguém inteligente. Um bem-haja Valter pela sua intervenção. Até que enfim alguém que percebe o que a Isabel Jonet quis dizer. Por exemplo, em vez de estarem em casa a deprimir todo o dia no facebook porque estão desempregados e a invejar a vida de alguém, porque não mostrar alguma proatividade e voluntariarem-se para trabalhar na próxima campanha do BA? É só um exemplo, mas faz me imensa confusão tanta indignação contra alguém que só disse uma verdade.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...