domingo, 11 de maio de 2014

Farta de ter que dar a mesma resposta de cada vez que alguém me pede a opinião sobre o assunto Conchita

Estou-me um bocado a cagar para o facto do travesti ser um travesti e ir de barba e fartinha da conversa que o "festival da canção se tornou um freak show e que Portugal nunca vai ganhar porque não alinha nestas coisas para chocar a malta" como se há dois anos não tivessemos levado como representantes os "Homens da Luta"- querem lá ver que cantavam bem?- e que nós nunca ganhámos, e que deturparam a lógica de cada país cantar na sua língua de origem e agora, humilhação das humilhações, até ganhou um travesti com barba e austríaco mas com nome de guerra espanhol, como se a nossa representante com o belíssimo nome adaptado de Suzy (sim, com ipsilon) mais conhecida como "Suzy-esta-noite-branca-sou-um-boneco-de-neve" tivesse sido, desde sempre, uma escolha consensual e os portugueses estivessem rendidos aos seus dotes vocais, o que interessava era ganhar um representante que não fosse diferente, independente da sua qualidade de vocal, "porque ser diferente é que não e se ganhou é porque foi discriminação positiva" como se o homem não cantasse bem, para mim é igual ao litro, eu, por exemplo, se não fosse à Dora qualquer dia tinha barba e isso não me traria de bónus uma voz invejável, mais, se a Belle Dominique que até era um travesti mas em matrafona fosse e tivesse o mesmo instrumento vocal e ganhasse ficaria igualmente orgulhosa, que isto não é um concurso de misses, é um festival da canção.  

Mas depois, poupo o meu latim e só pergunto: "Mas a Conchita não cantou extraordinariamente bem, queres lá ver?"

6 comentários:

Lili disse...

Ora nem mais, somos tão pequeninos em tanta mas tanta coisa ainda...

Lili disse...

Ora nem mais, somos tão pequeninos em tanta mas tanta coisa ainda...

Lili disse...

Ora nem mais, somos tão pequeninos em tanta mas tanta coisa ainda...

Mónica disse...

Gente com tempo a mais. Há uns anos largos, ainda era eu mocinha a entrar na adolescência, ganhou um transexual. E quê?! Big deal.

Maria João disse...

Cantou lindamente! E isso é que importa, ouvir, quero lá saber da barba, nem costumo ver videoclips.

Portuguesinha disse...

Só hoje fiquei a par de quem é a criatura, pois estava a leeeeste do festival da canção. Acho que é unânime que a voz e a música é bonita. Tenho lido pessoal sem saber o que dizer do aspecto (como se tivesse de ser dito algo) mas quanto ao merecer ganhar pela canção e voz todos concordam.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...