sexta-feira, 2 de maio de 2014

Rei Santo Mámen

Combinámos que não se fumava no nosso carro. Combinámos e acordámos, ambos. Mámen jura, a pés juntos, que não fuma na minha ausência mas eu sinto o cheiro a tabaco no carro volta e não volta mas finjo que não se passa nada, para não me chatear.
Hoje olhei para trás e ali estava: um buraco de queimado, claramente causado por uma beata mal apagada que deve ter voado para o banco traseiro do carro, no tapa-sol do vidro lateral traseiro.

Eu: Tens fumado dentro do carro?

Mámen (apanhado de surpresa): Claro que não! Combinámos que não se fumava dentro do carro...

Eu: Que estranho... O tapa-sol tem um buraco que parece ser de queimado de cigarro...

Mámen (de imediato): São meteoros, senhora: são meteoros!

2 comentários:

cantinho disse...

ahahahahahaha!
E assim levou a melhor.

(detesto cheiro a tabaco dentro do carro ou em espaços fechados).

AL disse...

Eh pá comigo levava uma lavagem-cerebral do efeito do tabaco em pulmões pequeninos...

Cá em casa ele fumava na cozinha e no wc da suite até 2006 altura em que deixou de fumar.
Em 2006 comprámos carro novo e tínhamos acertado (antes de ele decidir parar de fumar) não se fumar nesse carro.

Felizmente em 2012 quando ela nasceu já não fumava, mas acho que se o fizesse em espaços que ela frequentasse me dava uma coisinha má, e eu sou assim "pró-chato".

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...