quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Perguntam-me "Quem é a Pólo Norte, afinal?"

[A Pólo Norte não sou eu. Mas é uma boa pessoa. É como se fosse o meu alter-ego, uma fotocópia de acetato da minha alma, ora transparente, ora lúcida, ora translúcida, ora eminente. A minha alma não se vê. A Pólo Norte também não se vê, porque é uma alma e porque não gosta de ser vista. 
A Pólo Norte guarda coisas. Costuma dar-me uma imagem quando as quero encontrar. A Pólo Norte é uma alma mas podia muito bem ser uma história, uma nuvem ou uma fada boa, irónica, subversiva, politicamente incorrecta, tresloucada mas boa. Mas não é. 
É uma alma. ]

2 comentários:

Joana Ribas disse...

Sigo o blogue à meses e esta é a primeira vez que realmente tenho de comentar:

Se há coisa que a Pólo Norte é, sem margem para dúvidas e aos olhos de todos, é boa pessoa.

Cláudia L. disse...

Uma alma?!!!

Epá oh ursa, esperava uma resposta um bocado mais parva.


Uma ALMA? Que cena profunda, pá.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...