sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Tenho uma amiga...

Tenho uma amiga que decidiu levar um vestido todo mete-nojo para uma reunião de trabalho importante. Como o vestido era de meia estação pedia umas meias, ainda que fininhas, pelo que, a minha amiga decidiu vestir aquelas meias de ligas com aquela colinha aderente para se segurarem nas coxas. Acontece que a minha amiga é uma mulher de coxa grossa, à antiga. E que hoje está calor. E a cola derreteu nas coxas da minha amiga que, enquanto andava, ia friccionando as mesmas ficando, glamourosamente, assada. Sim, assada. A-ssa-da.
Pelo que, neste momento, a minha amiga acabou de sair da casa-de-banho onde teve a fazer uma depilação não voluntária que resultou de coxas todas esfalfadas, meias de ligas deitadas no caixote de lixo da secretária e uma postura de perna aberta para lhe aliviar as dores... à bardajona! E gano gane. Gane muito, a minha amiga.
 
Vai daqui um beijinho de solidariedade às mulheres de coxas grossas neste país (que estão em vias de extinção, bem sei!) e o conselho para andarem na mala com o Mitosyl (avé!) esquecido dos vossos filhos bebés just in case.

7 comentários:

verainacio disse...

Ah como eu a compreendo... Cara Amiga das cochas boas, nos próximos dias pó talco também alivia. Saúdinha e boa recuperação ;)

Snow*White disse...

Cara Ursa,
se te serve de console... perdão, se serve de console à tua amiga, isso aconteceu comigo no dia do meu casamento. Sim, uma noiva de coxa assada, quase em "carne-viva" como disse a minha mãe. Muita Nivea e Óleo de Amêndoas Doces esfreguei nas coxas nos dias seguintes! :P

Alexx M. disse...

Daqui alerta coxa grossa! Sofri o mesmo numas férias com o marido, pela altura em que celebrávamos o nosso aniversário. Fomos ao Slide & Splash e eu, aconselhada, fui de calção por cima do biquini. Problema, coxas a roçar uma na outra com o tecido do calção no meio não resulta. Nessa noite tinha as pernas em carne viva. Valeu-me muito Bepantene que ainda não conhecia os milagres do Mitosyl ;)

Rita Maria disse...

(para tratar depois já não tenho conselhos)

Vera disse...

E depois de toda assada, sentir as meias a deslizar perna abaixo...a minha amiga também sofre desses problemas

Ana Ramos disse...

Ai Ursa, que a NS Fátinha nos conserve assim, que estamos em vias de extinção, raiosparta das miúdas são todas magrinhas agora. Eu sempre odiei collants porque aquilo estica e ficamos com a gord...a pele (a pele, senhores!) presa na malha e não é nada de ladies andar a coçar as coxas no meio da rua xD

Rita Maria disse...

Vi agora que só ficou metade do meu comentário e a outra parte é que era importante: nos países civilizados há cremes para evitar essa assadura e a cor consequente. São bons e funcionam (eu comprei um no Etsy), mas até agora nada do que experimentei bate o truque caseiro: anti-transpirante.

Tem de ser mesmo anti-transpirante (desodorizante simples não serve) e em dias mesmo muito quentes pode ter de se re-aplicar a meio do dia.

Mas a minha vida, juro, nunca mais foi a mesma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...