domingo, 16 de novembro de 2014

Dos amigos que nos escolhem

Quando nos mudámos para esta casa, há dois anos, vínhamos um bocadinho na penúria, depois de nos terem assaltado a casa anterior e levado (quase) tudo. Levaram-nos todos os aparelhos eléctricos, partiram-nos mobília à procura de bens valiosos, estragaram-nos praticamente todo o recheio de maldita casa.
Quando chegámos a esta, fomos, aos poucos, repondo nas várias divisões tudo aquilo que tínhamos vindo a comprar ao longo dos vários anos e que, de repente, tanta falta nos fazia: a cama, os computadores, a televisão, o dvd, os aparelhos da cozinha, o colchão, praticamente tudo. 
Foi ficando para o fim a mesa da sala de jantar, razão pela qual, há praticamente dois anos temos vindo a evitar grandes jantaradas cá em casa, pois a mesa da cozinha não tem muita lotação. 
O nosso amigo Nuno, quando cá esteve em casa a jantar, percebeu essa história da lotação da mesa da cozinha e a forma como uma coisa tão insignificante inibe a socialização indoor desta família. Dissemos-lhe que iríamos, só agora, depois de muitas outras compras prioritárias, procurar no OLX uma mesa gira e barata. 
Ele, de uma forma que tanto nos comoveu, disse que ia resolver o assunto. E está a pôr, literalmente, mãos à obra:

                              

Quantos de vocês têm amigos assim, han?
Não há assaltante que nos roube este sentimento tão bom, tumbas!


2 comentários:

Prof Ed Especial disse...

Quem faz o bem recebe o bem!

Cynthia disse...

Os amigos são uma coisa fantástica :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...