domingo, 23 de novembro de 2014

[Gostava de ter um blog-domingo-de-manhã]

[Gostava de ter um blog bonito: que as palavras saíssem perfeitas e escolhidas primorosamente mas eu escrevo num só fôlego, sempre a correr, os dedos a tentarem apanhar as ideias que a cabeça dita, mámen diz que pareço a Jessica Fletcher a escrever à máquina, às vezes como palavras, mas a falar também sou assim, dou o corpo às balas, dou erros de digitação, de espaçamento, dou calinadas, sou trapalhona, esqueço-me de colocar imagens a ilustrar os posts e já me disseram que assim é que devia ser, nunca poderia ter um blog bonito, não nasci para isto, não tenho conta de pinterest e sinto-me sempre meio ridícula quando comparo o meu instagram com os das bloggers que levam isto mesmo a sério e são perfeccionistas e, às vezes, gostava de ser assim mas, na maioria das vezes a máquina fotográfica está sem bateria carregada e nem sei onde enfiei o carregador, os meus pequenos almoços são um tédio, como torradas com manteiga quando tenho tempo para fazer torradas, cereais cheios de glúten aos fins-de-semana, às vezes saio de casa de manhã sem sequer comer, sempre a correr, tenho loiça quinada que não serve para decor de fotografias bonitas e a primeira coisa que a Ana faz, invariavelmente, quando se senta à mesa é enodoar-me a toalha, arregalo os olhos, a minha casa também está, muitas vezes, desarrumada, a gata  na última semana descascou-me o sofá, está um belo nojo, até os meus bichos não são perfeitos- nada a fazer- percebi que é estrábica, a nossa gata Mimi, gosto ainda mais dela, eu tenho um fraquinho por imperfeições, na maioria das vezes pouso sacos no hall de entrada e às vezes esqueço-me deles ali, quando vim dos Açores a minha mala ficou por desfazer uma boa semana no meu quarto, tenho sempre loiça por lavar, acho que nasce nesta casa por geração espontânea, e nem sequer tenho máquina de lavar loiça, a Bimby avariou, chove lá fora e nem sempre tenho raios de sol a entrar pela janela, nem pela alma sequer, não estou sempre bem disposta, digo muitos palavrões, não gosto de comer sementes- já disse?- nem de correr, odeio correr,  trabalho em 3 ou 4 sítios, não consigo responder a todos os emails nem comentários no blog, nem a todas mensagens no facebook nem a todos os emails, não é que seja mal criada, tenho sempre intenção de responder -juro!- mas não giro bem o meu tempo, ando sempre a correr, se não corresse teria tempo para pensar num blog de domingo de manhã mas acontece que ando sempre com pressa e quando não tenho pressa não quero saber do computador, da máquina fotográfica e de internet para nada, nem de quem está do outro lado, quero apenas ter um domingo de manhã bonito e sossegado com os meus, a Ana está linda a crescer e eu não cedo à tentação de a mostrar a toda a gente por aqui e às vezes custa-me porque, sem falsas modéstias, é objectivamente das miúdas mais giras que há por aí, outro dia uma senhora que lê este blog reconheceu-nos e disse que a miúda parecia a Leonor de Espanha e eu sorri, talvez nunca aqui tenha dito mas o meu melhor papel é o de mãe, talvez isto não seja óbvio para vocês, porque eu só lhe mostro a gadelha, mas é, também sou mais simpática ao vivo do que aqui, juro, não é por mal, é porque não tenho muito tempo nem paciência, não sou má pessoa, juro, sou é desorganizada e optimista e acho que consigo chegar a todo o lado e fazer tudo o que me pedem, mas não consigo, e fico frustrada às vezes, noutras encolho os ombros e resigno-me que nunca terei um blog de domingo de manhã e juro- sem ironia- que gostava, que lindos que são, são mesmo, mas depois eu não seria eu, este blog não seria meu e não se poderia chamar "Quadripolaridades" e escrevo este post de rajada, papel químico dos meus pensamentos, sem super ego a funcionar, sem censura, só para aqui desabafar.
Este é um blog-segunda-de-manhã, já atrasadas a sair de casa e a correr para o carro cheia de sacos a tira-colo, criança a berrar no colo, tupperware de massa com frango na marmita e pouco equilíbrio a segurar o chapéu de chuva com a outra mão.
Aguentam-me?]

10 comentários:

disse...

desconfio sempre das pessoas de cabelo alinhado é por isso que gosto de ti. também tenho um fraquinho por imperfeições e uma mania danada de procurar o grotesco no que é de comum acordo belo. não é que esse mundo alinhado seja mais ou menos real, quero acreditar que os blogues de domingo não são escritos por pessoas embalsamadas ou cães de loiça (!), mas são menos espontâneos ainda que nos digam que são felizes em traço contínuo. também não quero deles desconfiar, mas é que errar tem tanta graça e o espectro das emoções está aqui tão à mão de usar e eu caraças, não resisto a nenhuma. teimo sempre que os meus dias façam lembrar eletrocardiogramas, montanhas russas. podia ser mais feliz, mas danava-me para caraças não poder mergulhar nas saudades que tenho da minha avó com temor aos soluços ou às olheiras e não poder listar coisas que me enervam. eu gosto de pessoas bagunçadas que parecem ser filhas do vento. e o vento desarruma tudo, mas também faz cócegas na pele. o vento tem personalidade vincada. é amor ou terror. e eu gosto sempre mais dessas pessoas que trazem pequenos tornados com elas embrulhados nos tornozelos, tu pareces trazê-los contigo. o que é que me hei de fazer?

aguento-te.

Timtim Tim disse...

Escreves tão bem, que nem sei porque és tão modesta.

Cynthia disse...

O teu blog é óptimo como é ;)

Isa disse...

Adoro o que aqui leio!

Laura disse...

Estás parva?!?!
Gostamos de ti como és!
Não queremos um blog perfeitinho ( perfeição é muito aborrecido!)
Só queremos a Polo Norte com toda sua energia e imperfeição, alguém que eu admiro e muito!
Ontem nao resisti e comprei uma mãe e filha ursa só porque me lembrei de ti e da Ana ;)
Bjinhos picarotos

marianósky disse...

ahhhh que aspecto tão bonito, ia pôr no instagram mas puff, já comi. hoje o meu cabelo estava giríssimo de manhã, vai uma pessoa e resolve tirar fotografias e parece que o volume lhe foi sugado. paisagens lindas. decoração fantástica. sei lá, não é falsidade para quem escreve blogs de domingo mas quando entro nesses sítios sinto sempre que as pessoas estão mais a viver para mostrar que viveram do que viver por si, não tenho grande paciência para enquadramentos, vou preferindo sempre viver apenas, o resto é secundário. às vezes penso que da próxima vez que passar aqui ou ali vou fazer uma coisa diferente e dar mais ao blog porque tenho aquela vontade de mostrar nele o brio de quem aspira a casa todos os sábados mas os meus sábados mal chegam para a missão semanal de tirar tempo para mim, para não fazer nada, quanto mais para polir o blog. eu gosto dos blogs um bocado como das pessoas: o cabelinho fora do lugar com a segurança de que quem importa para nós não se importará com isso :)

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Blogs arrumadinhos de domingo há muitos, tantos, que poucos se destacam, mas a tua autenticidade desenfreada é rara. Eu também gosto de coisas bonitas e sigo alguns blogs lindos, de imagem e conteúdo. Acalmam-me e ajudam-me a manter o foco. Mas sei que a vida tem muitas facetas e a realidade é diferente para cada um. Aqui aprendi que não faz mal ser imperfeita, que não me devo levar muito a sério, e que devo rir mais, principalmente de mim.
Muitos falam, opinam, profetizam, na maior parte das vezes coisa acertadas e bonitas, mas é na acção que o mundo muda. E tu és assim, acção.
Conheci-te um dia destes, e adorei, és tal e qual te imaginava, um furacão. Juro que quando foste embora senti o vento.
Continua a ser tu. bjs

Carla disse...

Se nos aguentares a nós leitoras de segunda-feira de manhã a correr cheias de mochilas, atrasos, carros cheios de brinquedos e tralhas claro que te aguentamos assim :) aliás não te queremos de outra forma. Só assim és nossa!!!

isa disse...

Fiquei sem fôlego a ler!
Adoro a imperfeição do blog!
É real!

Mundos Mudos disse...

O que interessa no final de contas neste mundo dos blogs é o conteúdo. E o conteúdo do teu vale por 54 blogs de Domingo de manhã com fotografias do pequeno-almoço perfeito.
Continua o excelente trabalho!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...