domingo, 23 de novembro de 2014

Putas everywhere

"putas everywhere
este blog chama-se putas everywhere porque é ainda a parte que ao longo do tempo se vai mantendo mais consistente entre o estar aqui e não estar em presenças intermitentes. este blog chama-se assim e eu continuo a concordar com a observação que fiz já vai para alguns anitos, elas andam aí. eu penso na puta da minha vida e gostava de fazer com ele uma coisa mais bonita mas sem sentir que o estou a polir, algo mais positivo porque eu preciso de ver o forro bonito dos dias por baixo das saias tempestuosas mas eu não sou positiva. eu sou pessimista, eu sou indecisa, eu ando no cavalinho da feira das mortes, eu vejo a minha família a ser dizimada. eu penso nisso todos os dias com o temor de um dia acabar um curso ou um ciclo ou uma fase ou fazer uma decisão mesmo mesmo importante sem que reste mais ninguém para me assistir. há dias em que queria chegar aqui e pensar em coisas diferentes. este blog chama-se putas everywhere e eu sinto que se abdicar do nome abdico da essência dele mas há roupa que nos deixa de servir, há pessoas que nos deixam de servir, há conceitos que não nos satisfazem mais e eu não quero que seja este nome, este título, a impedir-me de fazer algo melhor, de escrever algo melhor, por mim, porque acreditem ou não palavras para mim são mais que isso, são silver linings, são redenção."

 
Marianósky no seu "Putas everywhere"

3 comentários:

Bolacha Sofia disse...

Mariana lá no top do meu coração

disse...

essa miúda é um tesouro. dos grandes.

marianósky disse...

nem sei que comente. aiopá, vocês... *corações*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...