quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Sou grata

Sou grata pela saúde da minha filha. Pela saúde da minha mãe. Pelo marido que me escolheu. Pela família que e calhou em sorte. Pelos avós que me criaram. Pelos amigos que fazem o favor de me aturar. Pelo tempo que tenho. Pelas oportunidades que a vida me tem dado. Por conseguir ouvir música.  Por conseguir andar. Por conseguir decorar todos os tons de azul dos olhos da Ana. Por ter conseguido engravidar facilmente. Por receber salário no fim do mês. Pelo tecto que consigo sustentar. Pela despensa cheia. Pelo carro que me transporta. Pelos livros que consegui acumular ao longo dos anos. Pelas viagens que me fazem crescer. Por ter quem me acompanhe nos sonhos.  Pelas pessoas com quem a vida me tem cruzado. Pelo conforto da minha casa. Por não ter esqueletos no armário. Por me deitar, todos os dias, em paz. Pela auto-confiança com que o tempo me brindou. Por me sentir feliz.  Por gostar de mim sem reservas. Pela esperança num futuro bom. Por nunca ter deixado de acreditar.
Sou grata pela vida que tenho.

4 comentários:

Purpurina disse...

Isso é bom e bonito. Obrigada por partilhares.

Rui Pereira disse...

E já é bastante...

Excelente blogue!

A Limonada da Vida disse...

E é tanto aquilo que tens! No meio da chuva de lamentos com que somos bombardeados todos os dias na net, este teu texto é um oásis. Parece que anda tudo zangado ou triste. Parabéns!

Maria Braga disse...

Obrigada por estas palavras, lindas :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...