sábado, 20 de dezembro de 2014

Post em biquinho de pés para a GALP

Tudo o que é blogger foi convidado a escrever sobre o Hotspot.

Diz, quem sabe de fonte segura, que o Hotspot vendeu mais em duas semanas que nos dois últimos invernos.

A GALP não me convidou a escrever sobre o Hotspot mas eu escrevo de borla. A maneira que tenho de dizer que, sim senhora, que aquilo deve ser muito bom, é que acabei de sair de uma reunião de Direccão de uma Associação para pessoas portadoras de deficiência, em Chelas, cujo quadro eléctrico não permite um aquecedor decente, e metade da reunião foi a tentar encontrar ideias para se arranjar verba para se comprar um Hotspot.

Faz um frio de rachar, as pessoas trabalham quase vestidas de edredons e, ainda assim, de bom humor: um dos colaboradores- deficiente físico e sem sensibilidade nos membros inferiores- brinca sempre a dizer que "credo, está tanto frio que eu já nem sinto os pés!".  Nós rimo-nos mas é mau, pá!

Por isso, querida GALP, eu acredito mesmo que o Hotpot deve ser a última coca-cola no deserto dos aquecedores. Juro e cruzo os dedos em cima dos lábios e dou um beijinho, 

E agora que já escrevi, de borla, sobre o Hotpot, que jé me meti em biquinhos de pés não precisam de me pagar em numerário. Pode ser em espécie. 

Mandem lá um Hotspot para aqui, antes que encarnemos todos o Leonardo DiCaprio no Titanic. Mas em versão def., o que vem a ser muito mais deprimente, 

Um beijinho fresquinho desta sempre vossa, 

Pólo Norte
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...