quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Serei liberdade até morrer

A Família, enquanto instituição, enquanto fonte de amor, conceito mais básico, sofreu hoje um atentado sério ao seu direito de existir. 

Um abraço para toda a comunidade LGBT e para todas as crianças amadas ou passíveis de serem amadas por gente que ama sem medos nem preconceitos.  Que sabe amar. 

1 comentário:

Cristina disse...

Concordo a 10000000000 %

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...