quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

AGENDA QUADRIPOLAR | Obras Completas de William Shakespeare em 97 minutos


O meu amor vai comemorar o seu aniversário e quem ganha a prenda (também) sou eu

"É a peça com a carreira mais longa em Portugal" segundo o jornal Público e na verdade "As Obras Completas de William Shakespeare em 97 minutos" está em palco desde 1997, há precisamente 18 anos. 

O meu querido amigo Luciano Cavaco é o homem dos figurinos e o responsável por termos conseguido lugar na primeira fila numa noite em que a lotação está quase, quase esgotada. 

A peça revisita as 37 obras do escritor de uma forma divertida e diz quem já viu que é rir do princípio ao fim. 

Logo vos conto!


(A peça está em cena, no teatro Tivoli, em Lisboa, de 15 de Janeiro a 15 de Fevereiro, de 5ª feira a sábado pelas 21h30, e aos domingos pelas 16h30. Os preços variam entre os 10€ aos 15€, dependendo do lugar escolhido, no entanto, às 5ªs feiras o valor é único (10€) e não há lugares marcados.)

6 comentários:

Pedro disse...

Tu nunca viste!? Como é possível?

ana preguiça disse...

É tão giro! Vi há mais de uma década, não sei se aconselho a primeira fila, ehehe, depois contas :))

Paula Patricio disse...

É coisa de sair da sala com as bochechas a doer de tanto rir.

Ampb Bart disse...

É, o cancro é mesmo aquele Bicho Papão que nos aparece e nos tira COMPLETAMENTE o chão! No ano passado este Bicho Papão, bateu em simultâneo à minha porta e à porta do meu irmão! Ao meu irmão, este malvado Bicho Papão não lhe deu nenhuma trégua...e foi "comido" por ele, feroz e velozmente! Já o que bateu à minha porta (no meu marido)...resolvemos ter uma grande conversa com ele e dissemos-lhe mesmo, que tinha batido na porta errada! A luta que lhe iriamos dar ia fazê-lo desistir de ter "brincado" connosco!
A luta tem sido grande, é um facto, mas temo-lo vencido em todas as batalhas e a guerra está a chegar ao fim com a vitória do nosso lado!
As armas utilizadas nesta guerra são: a medicina faz a parte dela, eu faço a minha e a mais importante de todas é a que o doente faz – ACREDITAR ACIMA DE TUDO QUE VAI VENCER ESTA GUERRA GANHANDO TODAS A BATALHAS! E acreditem que resulta, mesmo!
Ana

Unknown disse...

eu ja assisti por 2 vezes, ha uns dez anos atras, e ia outra vez, uma, duas, très vezes, tantas quantas os maxilares e a barriga aguentarem! :) acho que vais dar-te bem com a 1a fila... ehehehehe

Inês disse...

Foi a peça que mais gostei de ver e que mais me fez rir!
É até doer a barriga. :D
--
O diário da Inês | Facebook | Instagram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...