quarta-feira, 8 de abril de 2015

Acabaram de me perguntar e fiquei aqui a pensar

"A felicidade é uma questão de predisposição?"


(Que acham vocês?)

14 comentários:

Jo disse...

Acho que, muitas vezes, sim! Há quem não queira, pura e simplesmente, ser feliz. Prefere mandar vir com tudo e com todos, prefere ver sempre o lado negativo em tudo, prefere reclamar do que elogiar - ou simplesmente apreciar - o que está bem feito. Mas acredito que, em alguns casos, mesmo havendo essa predisposição, não seja o mais fácil do mundo, isto de ser feliz... (Na verdade, pensando melhor, será que alguma vez o é?!)

Kelle disse...

Confere. Há pessoas que mesmo com a vida correndo bem, que têm tudo para ter um sorriso estampado no rosto, só estão bem é a queixar-se do que é menos bom...

Reflexos... disse...

Por vezes somos felizes e não sabemos, simplesmente porque achamos que a nossa felicidade vai ser igual à felicidade do vizinho.

Temos de estar disponíveis, para apreciar as coisas boas que nos acontecem, mesmo no meio do caos...

Aqueles nadas que no fundo são tudo.
Foi quando "perdi" uma parte de mim que aprendi a ser a ter e a querer ser, ainda feliz!!

Susana Campos Rebocho disse...

Absolutamente! :D

C. N. Gil disse...

Em grande parte (na maior parte, diga-se), sim.

:)

Eolo disse...

Errr... não isso soa a cenas tipo The Secret. Ewww!

macaca grava-por-cima disse...

também, mas não só... e depende! :D

Lingua Afiada disse...

A felicidade é um conceito, ninguém está sempre feliz, a felicidade é um conjunto de momentos que nos preenchem e mesmo quando o balanço é menos bom é possível ser feliz se olharmos as coisas pelo lado positivo.
Por isso ser feliz depende muito mais de nós próprios e da nossa predisposição para sermos felizes do que dos fatores que nos rodeiam.
Depende da nossa personalidade e da forma como escolhemos encarar o mundo.

ccstylebook disse...

É. Basta-nos querer. Durante muito tempo pensei que não, mas a vida encarregou-se de me disciplinar. Beijinho

Purpurina disse...

Eu acredito muito que sim. Claro que existem situações limite em que é muito difícil estar feliz e que a felicidade também é um estado de espírito mais fácil de atingir em certas condições mas, em geral, somos nós que nos programamos para termos uma maior ou menor tendência para a felicidade. Na maior parte das situações do quotidiano, a forma como encaramos as coisas, o peso que deixamos que banalidades tenham, o valor que lhes damos, é que vai definir se o nosso dia é bom ou não. Também acho que a felicidade se aprende e se inspira. :D

Purpurina disse...

Eu acredito muito que sim. Claro que existem situações limite em que é muito difícil estar feliz e que a felicidade também é um estado de espírito mais fácil de atingir em certas condições mas, em geral, somos nós que nos programamos para termos uma maior ou menor tendência para a felicidade. Na maior parte das situações do quotidiano, a forma como encaramos as coisas, o peso que deixamos que banalidades tenham, o valor que lhes damos, é que vai definir se o nosso dia é bom ou não. Também acho que a felicidade se aprende e se inspira. :D

Vânia disse...

Completamente. E ela está mesmo nas pequenas coisas, aquelas que são "essenciais, mas invisíveis aos olhos". Acho que a questão está em nós termos predisposição para encontrar felicidade nas pequenas coisas e vê-la para além das exigências que temos para connosco mesmo e para com os outros.

Frutinha disse...

Sem duvida que é! Se uma pessoa "não quer" ser feliz, então nunca o vai ser. É preciso querer ser feliz para efetivamente ser feliz <3

Mãe Sabichona disse...

A predisposição é um dos ingredientes. Acho injusto dizer-se que é só predisposição, como se as circunstâncias fossem irrelevantes.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...