segunda-feira, 6 de abril de 2015

Preciso de saber que não sou maluquinha e que isto é tradição anywhere

Pinhões enfiados numa linha a fazerem um pequenino colar.

Alguém se lembra destra tradição ou era a minha avó que inventava?

20 comentários:

Paula disse...

Se a tua avó inventava então a minha inventava a mesma coisa :)
Talvez porque se chamavam as duas Ana ;)

Ana Vilhena disse...

Não, não estás maluquinha... eu comia disso aos montes e ainda hoje cada vez que encontro à venda (o que é rarissimo) compro para as pulgas lá de casa que acham o máximo

Mummy Kanguru disse...

Sim é..os meus avós são da zona de Castelo Branco e lembro-me desses colares de pinhões ;)..fazem parte da minha infância! bjs Patrícia

Lara Graça disse...

Não é invenção, todos os domingos compro um fio de pinhões para a minha filhota. As tremoceiras costumam vender à porta da missa...
Também adorava quando era miúda!

Rita Nascimento disse...

Não está a sonhar. A minha avó trazia-me todos os anos da festa da Nossa Senhora do Almortão, Idanha-a-Nova, colares de pinhões :-)

Filomena Silva disse...

Oh pá, qual invenção qual quê??!!! Por aqui ainda encontramos colares de pinhões.
No concelho aqui ao lado, Ansião, há uma festa anual dedicada ao pinhão onde esses colares são os reis da festa para as crianças.

Lília disse...

Na zona de Leiria ainda se encontra à venda nos mercados ou nas Sras. com as bancas junto às praias ou em "festas da terra".
Eu adorava comer esses cordões! Pena que os pinhões estejam tão caros, porque um fio desses, por aqui ronda €1,50/ €2...

LP

Joana Alves disse...

São as fiadas de pinhões :) A minha mãe costumava comprar-me no mercado das Caldas da Rainha (aka Praça da Fruta).

Joana Alves disse...

São as fiadas de pinhões! :) A minha mãe costumava comprar-me no mercado das Caldas da Rainha (aka Praça da Fruta).

Augite disse...

lembro-me muito bem! :)

Bi disse...

Aqui na terrinha (Benedita) ainda se vendem esses fios, na altura da Festa dos Padroeiros da terra (Santa Maria e São Brás), que se realiza no inicio de Fevereiro. Portanto (ainda) não estás maluca! :) Se quiserem mando-te um no próximo ano!? Beijinhos. Bianca

Sara Correia disse...

não não era invenção exlusiva da tua avó, e até havia à venda nas feiras... e eu adorava tanto (tanto que enjoei pinhões1)

Purpurina disse...

O meu avô, que vivia em Ansião, perto de Pombal, sempre que me vinha visitar trazias nos bolsos esses "terços de pinhão" como lhe chamava.
Eu adorava-os e devorava aqueles colares num instante. Ainda hoje sou doida por pinhões, não custassem eles os olhos da cara e de outros locais.

tarekita disse...

Fiz tantos....

Lipa disse...

Lembro-me de ver à venda na feira ou à porta dos estádios municipais... juntamente com as pinhoadas, os beijinhos, pevides e tremoços.

Unknown disse...

Oh.. então não!! As enfiadas de pinhões!! A melhor e mais saborosa maneira de comer pinhões!!!

O DIÁRIO disse...

no oeste esses colares ainda se vendem nas bancas do tremoço e da pevide

Ermelinda disse...

Quem não se lembra é um ovo podre!!
Enfiada de pinhões, cheguei a fazer.
Mas já sou avó ;)

Cândida disse...

YOU ARE NOT CRAZY! Cá em Ansião, há todos os anos a feira dos pinhões, e as fiadas de pinhões são a rainha da festa :)... you´re welcome

marta, a menina do blog disse...

A única vez que dei porradinha no meu irmão e ganhei foi por causa de uma coisa dessas. Vinha um senhor chamado Maximiano com uma camionete de caixa aberta vender frutas e legumes ao bairro dos meus avós, quando eu era miúda, e trazia desses fios de pinhões. Mnham mnham!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...