segunda-feira, 29 de junho de 2015

Voluntários precisam-se



Em Agosto vai acontecer um campo de férias muito especial.
Destinado a jovens e jovens adultos com  Lesão Vertebro-Medular, o Campo de Férias da ASBIHP visa durante 7 dias proporcionar momentos de lazer mas, também, pedagógicos e formativos aos participantes.
A maioria destes jovens já terminou o seu percurso escolar e está em situação de exclusão sócio-profissional, ou porque nunca conseguiu empregar-se por falta de competências académicas, ou porque coleccionou cursos técnico-profissionais e nunca ficou integrada nos mil estágios que fizeram "o favor" de os acolher ou porque, efectivamente, a taxa de desemprego é tão grande que estas pessoas, com deficiência, ficam numa situação de maior fragilidade e são quase sempre preteridas em situação de processos de recrutamento. 
E como podemos mudar esta realidade em 7 dias? Não podemos. Mas podemos lançar ideias, mostrar exemplos, dar algumas ferramentas e despoletar o empreendedorismo. 
Como?
Eis a nossa ideia. Convidar jovens empreendedores a oferecerem 4 a 8 horas do seu tempo para passarem conhecimento ou transmitirem algum know-how técnico a estes jovens. Por exemplo:

  • Pessoas com negócios online poderem num workshop de 4 ou 8 horas mostrarem como lançaram os seus negócios, como os gerem, quais as dificuldades e como as superam, lançando algumas dicas. Estarão por lá duas pessoas já com negócios online mas que precisam de mentores, porque não se juntarem a nós?
  • Artesãos, pessoas com pequenos negócios (produtores de licores caseiros ou cozinheiras de compotas, pessoas que fazem bijuteria ou que costuram) poderem, em 4 ou 8 horas, mostrar como se faz através de uma oficina prática.
  • Gestores, economistas ou marketeers mostrarem como se pode criar um pequeno plano de negócio, comos e pode criar notoriedade da sua marcae divulgá-la.
  • Gestores de redes sociais exemplificarem como se cria, gere e amplifica um negócio online, partilhando truques
Será na última semana de Agosto, na Tocha (Cantanhede) que gostaríamos de receber estes voluntários numa manhã, numa tarde ou num dia. Pouco para quem dá, imenso para quem receberá. 

Conto convosco?

Aguardo notícias no e-mail do costume: quadripolaridades@hotmail.com

3 comentários:

Miss Lemon disse...

Pra já, Tocha é Cantanhede :p
Ofereço os meus préstimos, mas acho que não tenho grds competências dessas que pedes, mas posso sempre fazer qq coisinha, n sei!
hum? ;)

Marta Mendes disse...

Lool Tocha pertence ao Concelho de Cantanhede, não é Cantanhede!!! 😏 Mais uma grande iniciativa!! Vou partilhar pelos meus contactos da zona!!

Vera disse...

Não sei fazer nada disso...sou uma naba a bem da verdade, mas sei lá...posso fazer a visita na mesma. Levo a cria e o meu pai (deficiente motor desde os 23 anos, por traumatismo craniano grave que resultou numa paraparésia. Depois disso criou duas filhas e venceu quase todos os obstáculos) :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...