sexta-feira, 17 de julho de 2015

35 anos e 40 cêntimos

Almoçámos numa esplanada a melhor açorda de marisco do Mundo: eu e as pessoas de quem mais gosto no Mundo. 
A seguir decidimos ir beber um café rápido, só os dois. Ele parou na papelaria para comprar tabaco. Acompanhei-o. Lá dentro encontrámos a avó: remexia na mala, no fundo, apalpava o forro. Quando nos viu cumprimentou-nos "Olá, professor. Olá, senhora!" e suspirou. Ele não é professor mas para ela toda a gente que trabalha na escola do neto é professora. Estava cabisbaixa e arrumou o envelope amachucado de novo na mala. 
Ele perguntou-lhe o que se passava. "Nada, professor, nada." Insistimos. A custo, confidenciou-nos que lhe faltavam 40 cêntimos para conseguir pagar a conta da electricidade, cujo prazo de pagamento terminava hoje. Que como trabalha a dias, recebe à semana e só hoje ao final do dia a patroa lhe ia dar o salário da semana: "Mas não faz mal, segunda eu resolvo. Segunda pago a multa e resolvo." E sorria com ar triste, enquanto se afastava, cumprimentando-nos de forma envergonhada. 
Quarenta cêntimos, era o que faltava à avó e tinha medo que segunda de manhã lhe cortassem a luz. E teria que pagar uma multa mesmo que não lha cortassem. 
Ficámos gelados. Ele abriu, de imediato, a carteira e tirou as duas moedas de 20 cêntimos: "Pague já, estão aqui os 40 cêntimos". Sentia-se ridículo a discutir por menos de 50 cêntimos. Ela dizia que não "Deixe, professor, eu logo resolvo. Não quero, professor. Obrigada, professor". Ele abriu-lhe a mão, depositou-lhe as duas moedas lá dentro, ela olhou-o nos olhos com os olhos marejados, ele fechou-lhe a mão: "Precisa de mais dinheiro? Depois paga-me!"- perguntou-lhe. "Não, professor, logo recebo, mas só depois das seis. Já não ia a tempo de pagar a luz. Só preciso de 40 cêntimos. Logo quando for buscar o rapaz dou-lhe o dinheiro". Ele insistiu "Não é preciso!" e ela respondeu "Mas eu quero pagar, professor. Obrigada. Muito obrigada".
Despedimo-nos. Com menos 40 cêntimos na carteira. Mais ricos milhares de euros na alma pela gratidão de não sabermos o que é, de facto, precisar de duas moedas de vinte para não deixar desligar o frigorífico e estragar-se o leite, para aquecer o mesmo leite a uma criança, no microondas, antes de adormecer. Tínhamos acabado de comer uma açorda de marisco. Ele tinha comprado tabaco.
Hoje faço anos: 35.
35 anos e quarenta cêntimos: é a minha idade de hoje. 

8 comentários:

jamaissalome disse...

(arrepia-me e comove-me)
Feliz aniversário.

K disse...

é o chamado murro no estomago
(escrevo isto com os olhos bem regados)

um beijinho!

República da Bicharada Clínica Veterinária disse...

não sei que diga...
que talvez a vida te tenha dado o maior presente de aniversário possível...
esses 40 cêntimos valem ouro. E diamantes. E platina, vá!

Diana Machado disse...

parece-me tão normal que se faça isso (ajudar o outro) e nem acredito ou quero acreditar que quem te lê não pensou "faria o mesmo" ! :) mas pesa ouvir que por uns 40 cêntimos se corte a luz :/ não sei o que é isso de facto...felizmente.

espero que tenhas tido um óptimo dia de aniversário! parabéns

Purpurina disse...

Não concordo com tudo o que leio neste blog. Não concordo, nem tenho que concordar. Mas aprecio muito a falta de indiferença que por aqui existe, a falta de indiferença pela dor alheia e pelo que se passa no mundo. Aprecio, mais ainda, a empatia ativa que praticas, aquela que faz agir e ajudar, de facto, o próximo. Aquela que não se limita a ver e a lamentar.

Dona Foca disse...

E assim se engole em seco, mesmo antes de ir fazer o jantar, como todos os dias a esta hora! Mas hoje a pensar duas vezes sobre o que vamos comer e a sorte que temos por contarmos os trocos todos os meses para comprar este ou aquele extra, mas não para pagar as contas básicas do dia a dia!

Escrever Fotografar Sonhar disse...

Queria deixar aqui um comentário de esperança e alegria. Seria uma mera Redundância. Está tudo dito.

J.B. disse...

E é por estas coisas que, não vos conhecendo, vos admiro tanto. Obrigada Polo e Mámen por serem um exemplo do que quero ser quando for "grande"!

Beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...