quarta-feira, 1 de julho de 2015

Muitas lágrimas em 3,2,1...



O amor é que nos salva.

2 comentários:

Sandra disse...

Este caso felizmente não é o único e faz pensar quantas crianças terão sido dadas como mortas :( mas foi talvez dos mais falados.
Ela não conta no vídeo (e também não importa) que sabia de bebés que tinham sobrevivido assim com abraços calorosos (tentei encontrar o link sem sucesso e já existe um nome cientifico) e que ao pedir para o abraçar as enfermeiras a avisaram que sabiam o que ela estava a tentar mas para ela não ter esperanças.

República da Bicharada Clínica Veterinária disse...

bolas, nem com o spolier alert eu consegui segurar as minhas...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...