terça-feira, 6 de outubro de 2015

Fui ao Porto com a Ryanair

Saí de casa atrasada e não tomei o pequeno-almoço. Tinha feito o check in online, por isso, dei-me ao luxo de chegar em cima da hora, até porque o terminal 2 do aeroporto de Lisboa tem menos lojas do que a Atrozela (se não saibam onde é: googlem!) e eu tinha muitas coisas para fazer para além de bezarrar num terminal de aeroporto
As pessoas ficam ali todas em filinha nas portas de embarque e eu acho bonito. Deixo-as todas alinharem-se com pressa de chegarem primeiro ao avião. Diverte-me a urgência que têm em enfileirar-se ou com medo que a lotação esgote, ou com a expectativa de apanhar lugares na primeira fila para veres melhor o voo (só que não) ou não sei porque razão. Fico sempre para último. 
Finalmente sentei-me e pensei para os meus botões: "Ena pá, que bom, vou dormir uma soneca de 1 horinha até ao Porto, maravilha!". E depois começou a pândega, de tal forma que (juro por Deus!) houve uma altura em que pensei que havia por ali câmaras ocultas e iríamos todos aparecer nos Apanhados. 
Eram três os hospedeiros e estavam tão bem sincronizados nos tempos de palco, nas pausas para respirarem, nas deixas e contra-deixas que tenho pena que se tenha perdido um elenco espectacular de stand up comedy em prol de uma tripulação de voos lácoste
Eu não estava à espera que a hospedeira se sentasse no chão a ler pelo megafone telefónico as pechinchas que se vendem a bordo. Também não estava à espera que o som da gravação para chamar a atenção das pessoas e lhes explicar as regras de segurança em vez de um "ding dong" fossem um "booooionnnng!" de vuvuzela.  Não estava à espera que um dos comissários de bordo dissesse: "E agora vamos chegar ao momento mais aguardado deste jogo: a venda das raspadinhas!" e que mantivesse um semblante sério enquanto dizia aquilo e enquanto passava ao nosso lado no corredor a ver quem comprava. Não estava à espera que o outro comissário de bordo se saísse com um: "Se o comandante não teve a brilhante ideia de acender as luzes dos  cintos de segurança à toa, é capaz de ser bom vocês apertarem-no porque vamos aterrar. A partir deste momento são proibidas idas à casa de banho, permanecerem de pé ou dançarem o tango!". Não estava à espera da hospedeira passar com um saco de lixo aberto e perguntar a cada um de nós: "lixo?", "lixo?", "lixo"?
Já tinha voado em lowcosts mas há muito tempo. E tudo isto era um rol de novidades para mim.
Pensava que tinha, apenas, comprado uma viagem de avião low cost para o Porto. Mas de bónus trouxe a experiência de uma stand in the air comedy. E só não trouxe um colchão, como aqueles que impingem às pessoas que alinham numa excursão à Régua sem saberem para o que vão, porque não calhou.
E desta vez aterrámos e ninguém bateu palmas. Injustamente que isto foi um primeiro acto inteirinho de um teatro de revista, só faltaram os penachos no meio das pinhas do pessoal de bordo. E não houve palmas porque acho que estava tudo em choque a ver quando entravam os colchões ou os aspiradores que se compram a prestações.
Mas, tenho para mim, que esteve asssiiiim para ter acontecido! Assssiiiim!

10 comentários:

K disse...

é caso para dizer... contado ninguém acredita!
mas, há que ver o lado positivo, dá sempre inspiração para post (sim, bem sei... como se fosse preciso...)

Sonia disse...

ahahahhahaha
Caramba fiz o mesmo voo lisboa/porto e não me calhou nada disso....se calhar porque comoe ra cedo cedo ...a veia humoristica ainda não tinha acordado

mariana disse...

Aconteceu-me à cerca de 1 mês do Porto para Lisboa. Devemos ter apanhado a mesma tripulação.
Mas no meu caso, as pessoas não estavam em choque. Ia tudo a rir!

Naturalmente Cusca disse...

Estás a falar a sério?

(olhaaaa...quanto pagaste? se não for perguntar demais! É que isso parece melhor que ir ao La Féria)

Xica Maria disse...

É mesmo irritante voar na Ryanair.
:)

stantans disse...

eu sempre voei na Ryanair e nunca vi nada disso... se calhar eh soh em voos domesticos

Sílvia disse...

Eu fiz Barcelona-Porto com a rayanair e foi algo do género,já porto-barcelona foi relativamente mais calmo :)

Maria Francisca disse...

Tal e qual, lx - Ponta Delgada no voo da noite, não queria acreditar.

Joana Sousa disse...

Ui! Já voei não sei quantas vezes na Ryanair e nunca tive direito a espectáculo! Não é justo!

Nádia disse...

Medo, muito medo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...