segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Não há coincidências, já dizia a outra senhora

Intrigadas acerca de como raios pode o PaF ter ganho as eleições quando os nossos feeds de facebook mostravam apenas gente contra a coligação, a minha amiga Márcia esclareceu-me:

" Eu andava a pensar isso e de repente caiu-me a ficha... Eu ocultei da cronologia todas as pessoas que fizeram comentários xenófobos sobre os refugiados. Coincidência?"


10 comentários:

tata disse...

Eu votei PAF e ofereci a minha casa para acolher refugiados.
No local onde trabalho, o único que conheço do CDU, conversa alto e em bom som com a única sindicalista e do BE, referindo-se a refugiados como "aquela gente que vem com bombas" "depois quando andarmos todos de burka queixem-se".

Não me considero igual a uma vitima de violencia domestica. Nem estupida.
Nem considero os que votam em partidos que não o meu analfabetos ou ladrões corruptos.

Generalizar às vezes é perigoso. E as opiniões contrárias às nossas não tornam os outros ignóbeis que gostam de comer e calar.

Joana Sousa disse...

É impossível não fazer uma ligação - afinal, ideologias são ideologias. E normalmente fazem sentido. É óbvio que nem toda a gente pensa da mesma forma, mas faz sentido...

Jiji

Bárbara Gomes disse...

Como não sei se escrever tão bem, deixo aqui um link do blog "A Pipoca mais Doce". Subscrevo. Não podemos generalizar.

Patrícia disse...

Aí está. Quem se dá ao trabalho de ir votar vota sempre bem. Porque o faz de acordo com a sua consciência. Mesmo que a consciência de cada um doa muito aos outros.

moi chéri disse...

fiz precisamente a mesma coisa e pensei o mesmo. os bons encontram-se, os mauzinhos também....

Maria Braga disse...

Acho muito perigoso esta generalização... Votei PaF e três vezes por semana saio de casa as 21h da noite, depois de deitar a minha filha, para ajudar os refugiados da minha área de residência em Paris com papéis de pedidos de asilo, procura de emprego, CVs, etc...

lp disse...

Esta esquerda é tão democrática que dói.
Insinuar que quem é de direita é xenófobo, é de uma ombreidade moral equivalente a dizer que os comunistas são maus porque comem criancacinhas ao pequeno almoço,
Enfim, nem sei porque estou aqui a gastar o meu latim, porque sei bem que, tendo em conta os antecedentes, nem vai ser publicado, mas não consegui ficar calada. Já pensou que simplesmente os seus amigos apoiantes da coligação não o tenham exprimido abertamente nas redes sociais porque seriam logo apelidado de "faxisóides" e que por isso mesmo não estiveram para se chatear, e assim nem deu por eles?! Somos mesmo todos Charlie mas só quando as opiniões coincidem com as nossas!

Pólo Norte disse...

Eu explico para quem quiser ler o que está escrito:

O PaF ganhou. A maioria das pessoas que votou fe-lo no PaF. No entanto, à data da minha conversa com a minha amiga TODA A GENTE nos nossos feeds, estranhamente, reclamava com a vitória do PaF. Assim sendo, questionámo-nos nós, quem teria votado no PaF? A única justificação que encontrámos foi que dos nossos contactos a representatividade do PaF estaria, provavelmente, em todos os contactos que haveramos bloqueado anteriormente por manifestarem opiniões xenófobas e anti acolhimento dos refugiados. É isto.

paula disse...

A explicação não diferiu em nada do post. Cada um tem os amigos virtuais que tem... Mas acho uma generalização muito perigosa e um pouco ignorante. Votei PaF e, ao mesmo tempo, espero que a Europa cumpra o seu papel no acolhimento de pessoas que fogem da guerra e que precisam da nossa ajuda.

Este Blogue precisa de um nome disse...

Que raio de generalização é esta?

Sou liberal-democrata-cristã, votei na coligação. E imaginem só!, estou desejosa que comecem a acolher os refugiados com a dignidade que merecem e pronta a ajudar no que estiver ao meu alcance.

Mas, talvez a resposta para a tal coincidência esteja neste brilhante post do Alexandre Borges: http://31daarmada.blogs.sapo.pt/o-pais-que-nao-tinha-likes-6638935

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...