terça-feira, 10 de novembro de 2015

A todos os cretinos que não apoiam o acolhimento dos refugiados




"Há cerca de 2 meses esta imagem entrou-nos pela vida adentro.
E nós, de boa-fé, pensámos que agora é que isto ia dar uma volta.
A imagem de uma criança afogada e abandonada, a dar à costa numa praia onde uns adultos sentados com as suas canas de pesca olhavam indiferentes, era demasiado insuportável.
Achámos que a Europa (e os seus poderes instituídos) não conseguiria continuar a olhar para o lado.
Durante uns dias falou-se na crise dos refugiados como tendo 2 momentos: antes e depois da imagem mas afinal ficou tudo na mesma – já ninguém se quer lembrar que o miúdo se chamava Aylan e que foi apenas um dos muitos que morreram neste verão à porta de nossas casas.
Entretanto, homens, mulheres e crianças amontoam-se em lamaçais enregelados ao frio e à chuva por essa Europa fora, enquanto nós por cá gozamos o melhor verão de São Martinho de sempre.
E se calhar ainda há quem ache que este miúdo lhes vinha roubar o emprego...
Eu queria recordar-vos esta imagem e incomodar-vos porque a mim nunca saiu da cabeça.
Cumpre-nos não esquecer.
E se não podemos fazer nada por esta criança, que o façamos pelas outras todas e pelas suas famílias."



1 comentário:

Patricia disse...

Esses cretinos que falas não cedem a estas imagens, dizem até que eles estão a usar as crianças, que são mais frágeis, para que tenhamos pena delas e os acolhamos, pegam em exemplos que corram mal, para nos demonstrar que eles não vêm por bem, pegam em notícias falsas para demonstrar que estamos errados e que nos vamos arrepender, que as coisas vão correr mal e estão ali depois para nos apontar o dedo. Eu ouvi e contínuo a ouvir isto. Choco-me, magoam-me e nem me apercebem, fico incomodada com tamanha malvadez. Esta crise veio demonstrar-me realmente como são as pessoas que estão ao meu lado, as pessoas que convivem comigo e com a minha filha, não é isto que eu quero. O engraçado é que estas pessoas(posso chamar-lhes pessoas), no Natal estão a pedir paz no mundo, viam a fome em áfrica e provavelmente até quando viram a imagem do menino morto na praia, disseram coitadinho(s) que maldade Meu Deus e armaram-se em bonzinhos. Mas agora está quieto, espezinham maltratam, desejam a maldade. Eu tenho estado incrédula acredita, isto incomoda-me não aceito, não quero acreditar. Tenho discutido questões sérias e chego só a uma conclusão, as pessoas são racistas e têm medo, porque acham que estas pessoas, que mais nada querem se não PAZ, são bombistas, querem apoderar-se da Europa, não sabem trabalhar nem querem, são esquisitos, têm umas religião fanática.
Sabes o que li ontem num comentário sobre uma notícia relacionada com os refugiados? Um senhor do alto da sua ignorância e estupidez, largou que estes estudos científicos que vinham dizer que a carne de porco fazia mal(eu não li nada disto mas pronto) já era para fazer com que nós europeus, deixássemos de comer carne de porco e assim como os muçulmanos não consomem era mais fácil para eles adaptarem-se à nossa sociedade Europeia Cristã, estás a conseguir acompanhar o raciocínio? Estás a perceber a malvadez daquele cérebro?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...