quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Não esganiçarás a mulher do próximo. Só a mim mas em segredo, vá!

                               


Professor, é com prazer que me dirijo a si. 
Deixe-me já esclarecer que sou cristã e que não sou uma menina do bloco de esquerda, daquelas que são umas pu tiroliroliro, umas pu tiroliroliro, umas puras donzelas (piscar de olho maroto mas contido).
Eu não sou contra ninguém, nem contra nenhuma coisa. Juro-lhe por Cristo, esse grande imprevisível. Para dizer a verdade a única coisa que eu sou um- só  bocadinho moderadamente, de forma o mais cristão e recatada possível- contra é mesmo contra a monogamia.  
Aqui entre nós que ninguém nos ouve (gesto de oferecer um rebuçadinho do Dr. Bayard ao professor para lhe acalmar a garganta da tosse, não faça caso pelo papel estar um bocadinho amarrotado, tirei de dentro do soutien, que eu cá sou uma mulher séria e uso sempre roupa interior, não se pense) eu gostava que o professor- já tenho pensado- me quisesse. Dada, se não for pedir muito. Se não for maçada. 
Prometo-lhe, Professor, que se me juntar à sua esposa actual, mantendo em segredo esta proposta marota que lhe proponho de quebrar a monogamia, de juntos, ambos os três, em simultâneo e ao mesmo tempo formarmos uma família, uma comunidade (três já dá para uma comunidade, não dá?) Eu sei que é pedir muito conseguir com duas mulheres formar uma comunidade mas depois de assistir ao seu vídeo (depreendo que tal já lhe terá passado pela ideia, esta espécie de plural que rectificou de imediato com o uso da frase"com uma delas" para obedecer à moral judaico-cristã, mas vá, comigo não precisa de ser tão rígido, aqui que ninguém nos lê) acredito poder ser uma mais-valia para a sua vida. Por exemplo, eu nunca estou contra ninguém nem coisa nenhuma. Vá, estou contra as mulheres fumarem e irem ao café e também não concordo lá muito que votem, quanto mais terem o desplante de serem deputadas, mas isso são assuntos que nem me dizem respeito, que isso são coisas de homens, eles que opinem. 
Dizia eu, Professor Pedro, que prometo ser uma segunda mulher obediente e leal e não dar muito nas vistas porque também comungo do ideal que lá em casa só deve haver dois tipos de pessoas: os filhos e os maridos. E os filhos se forem meninos, porque se forem meninas e tiverem vozes agudas e esganiçadas, sou a favor de as mandarmos para casa das tias nas Beiras aprender lavores, que uma mulher quer-se prendada para poder vir a agradar ao seu futuro marido. E mais, Professor, prometo não me pôr contra o marido todas as noites (piscar de olho) nem todos os dias nem pôr o Professor fora de casa. Sou uma alternativa boazinha, uma espécie de oposição CDS face ao PSD, uma oposição marota mas só na intimidade, na rua sempre em sintonia, caminhando sempre dois passos atrás do marido, saia impecavelmente abaixo do joelho, recatez no semblante, uma espécie de "mulher séria não tem ouvidos". 
Prometo, Professor, que nunca mais quererá sair da minha vida nem se libertar dela. Concebo até fazer o sacrifício de fumar às escondidas, mas de boquilha, para ver se a minha voz fica mais rouca e menos esganiçada, tudo pelos valores da família, Tudo, tudo, tudo. 
À noite prometo colaborar e não ser contra. Sugiro que comecemos as nossas conversações comigo sentada nos joelhos do Professor como o outro professor da novela: "Senta aqui, senta aqui: upalalá" e depois possamos ir, recatados, para o conforto do leito. Onde- garanto!- que o lençol com aquele orifício no meio nos espera imaculado. Não vai ouvir nem uma reclamação. Nem um diabólico "ai". Bem sei que abomina esganiços.
Tudo o que eu quero é parecer sexy às lentes cheias de dedadas aos olhos do Professor. Sexy e decente.  Uma laidi na mesa e uma louca na cama. Como uma mulher séria.
Uma mulher à(s) direita(s), potanto. 

Agredeço que pense- com carinho e imprevisibilidade cristã- nesta minha proposta.Um grande bem-haja (gesto de puxar o saiote da saia para baixo, ajeitar o lenço que me cobre a cabeça e olhar para o chão, tímida e recatada) 

Sempre sua. 

Pólo Norte


1 comentário:

Joana Sousa disse...

Brilhante. Só isso, brilhante! Mas olha que ele ainda aceita o convite.

Jiji

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...