segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Ninguém passa a perna à Ana. Muito menos a mãe Natal.

Fomos ao supermercado às compras e dei de caras com uma boneca que a Ana queria muito em promoção. Aproveitei que a Ana estava distraída e enfiei, à socapa, a boneca no fundo do carrinho. Pedi a mámen que levasse a miúda a andar num daqueles carrosséis e paguei todas as compras- boneca incluída- ensaquei tudo bem ensacado e vim para casa. 
Já em casa a Ana pediu ao pai para escrever a carta ao Pai Natal, com enorme sentido de urgência. A carta começa assim:

"Querido Pai Natal, 

Eu portei-me muito bem e não empurrei os outros meninos. Queria uma boneca igual aquela que a mãe comprou no Continente.(...)"


...

...

...

4 comentários:

Agnes disse...

Ahahahah, tão bom! Eu quando era da idade dela também topava tudo e deixava os meus pais frustrados (especialmente quando o assunto era comprar bolas de berlim na praia...) mas esta da boneca é simplesmente genial :)

d* disse...

mais do que fã da mãe , estou super fã da filha, a Ana é um arraso. muito bom.

IM (misspipetaseviagens) disse...

Ahahahahah, muito bom! A miúda é top!

Filomena Silva disse...

Valha-me a tua Ana para eu me rir com gosto logo de manhã. As crianças são o máximo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...