segunda-feira, 23 de novembro de 2015

O meu novo restaurante preferido de todo o sempre

Nós nem sempre nos demos demos. Quer dizer, eu e a Catarina sempre, somos amigas há quase 20 anos e a amizade tem resistido à distância entre Bissau e Lisboa, ao tempo de ausência que medeia cada regresso a Portugal, a skypes desligados frequentemente, a falta de internet da Guiné, a meses sem comunicações efectivas. Mas com ele não foi amor à primeira vista, especialmente porque o seu antecessor era muito gostado por todo o grupo de amigos. Mas devagarinho começámos a aceitar as nossas diferenças (e são muitas), a rirmo-nos delas, meteu viagens a quatro pelo caminho, meteu muitos jantares, meteu partilha de hosteis e, neste momento, as diferenças continuam lá mas já não nos limitamos a aceitá-las ou a rirmo-nos delas mas, antes, a celebrá-las. E tem sido muito bom.
Por isso, de partida para a Guiné tinhamos pendente este programa a quatro (em boa verdade, a cinco, que a Ana alinha sempre em tudo!): irmos jantar ao restaurante libanês mais conhecido de Lisboa: os Fenícios.
Nós somos muito despreconceituosos em relação a experimentarmos comida de outros países nunca imaginámos que este festival de sabores ia revelar-se a melhor experiência gastronómica de sempre e para isso contribui em grande escala termos sido levadas por ele, o nosso amigo libanês que, neste momento, é mais que o marido da minha melhor amiga.
"Os Fenícios" fica na Rua Conde de Redondo, a vista da rua é discreta. Entrámos e fomos recebidos pelo dono que nos recebeu com o seu melhor português, simpático nas horas, sempre solícito e preocupado e que comunicou durante todo o jantar em árabe com o nosso amigo, na tarefa conjunta de encontrarem os melhores sabores, a melhores texturas, a melhor experiência gastronómica das nossas vidas. E- caraças!- conseguiram-no!

Podíamos ter ficado só pelas entradas: esta arvorezinha com pratos nos ramos é inexplicável: os nossos preferidos foram os pastéis de grão com sementes, os rolinhos de arroz com carne enrolados nas folhas de videira, o queijo cremoso libanês, o húmos, a pasta de beringela e os pastéis. Em boa verdade, agora que releio o que acabei de escrever: foi tudo!
As sobremesas que escolhemos levam ambas natas, cozinhadas de uma forma que nunca provei antes: a da esquerda leva pistaccios torrados por cima e rosas caramelizadas que dão um odor maravilhoso à sobremesa e a da direita tem fios de letria na cobertura numa mistura tão imprevisível como absolutamente deliciosa. 

Nós pedimos três pratos e partilhámos todos. De salientar no prato da esquerda a carne cozinhada de forma única e com um sabor a especiarias ma-ra-vi-lho-so, o prato do meio foi o meu preferido com o grão de bico envolvido em iogurte e passas magistralmente cozinhado e a espetada do prato da direita com um arroz como nunca tinha experimentado antes estava de bradar aos céus!

Foi, provavelmente, a minha experiência gastronómica mais feliz e este restaurante é, oficialmente, o meu novo restaurante preferido de todo o sempre!


Shukran.Mahmoud!



Experimentar uma das melhores comidas mediterrânicas do Mundo:a  libanesa 


Quem? Restaurante "Fenícios"
Onde? Rua do Conde Redondo, 141-A, LISBOA 
Contacto: Pelo telefone 212 448 703
Saber mais? http://feniciosrestaurante.com.pt/

1 comentário:

louise disse...

Oh Pólo, não podes fazer posts destes que o pessoal aqui do Porto dá em doido! E logo eu que ando para provar comida libanesa há séculos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...