sábado, 27 de fevereiro de 2016

Acerca do cartaz pouco católico do BE: o erro





"UM TIRO EM CADA PÉ


lol-300x220

Bruno Carapinha no seu "Alegria Breve"

5 comentários:

Sabi disse...

Esclarecendo só uma pequena coisa: a campanha com a cara de Jesus não é campanha de rua, é apenas uma imagem das redes sociais. Por outro lado, o slogan adoptado não é da autoria do Bloco, é um chavão utilizado há muito pelo movimento de defesa das famílias com pais do mesmo sexo. Pessoalmente, acho que dizer que o cartaz ofende as sensibilidadea religiosas de outras pessoas é, no meu entender, dizer que todos os cristãos são contra a constituição de famílias por parte de homossexuais, pois nesse caso é que se sentiriam ofendidos por ver a figura de Jesus utilizada para promover ou, neste caso, celebrar o reconhecimento jurídico deste tipo de familias.
Agora, pessoalmente, acho a imagem feia e o slogan também não tem qualquer sentido, pois mesmo que aceeditasse que Jesus, a ter existido, tivesse dois pais, a verdade é que foi criado por um pai e uma mãe...

República da Bicharada Clínica Veterinária disse...

sou católica praticante. E vejo me como verdadeiramente cristã, o que, no meu sentido, significa acreditar no Amor universal, igualdade para todos e acreditar em Jesus.
Não me senti minimamente ofendida pelo cartaz, pelo contrário, até me senti divertida. Porque, se acreditarmos em Jesus, é um dogma acreditar que ele teve dois pais. E se ele dizia que somos todos iguais e que o importante é o Amor... bem, está tudo dito!
P.S. não é por acaso que o meu santo preferido sempre foi S. José, por ter sido "pai de coração"

SN disse...

O cartaz e a sua mensagem não me aquece nem arrefece. Mas reforça o meu desprezo por um partido que promove a discórdia e o ódio. Que empunha a bandeira da tolerância e da igualdade mas que é muito intolerante para com os que não partilham a sua filosofia e só promove a igualdade para as suas causas. Que coerente como é, vem gabar-se duma "vitória" para os homossexuais quando, afinal, foi dizendo que esta causa tratava, em primeiro lugar, de defender crianças.
Tristemente, pouco mudou. As instituições ficaram na mesma, os tribunais de menores, na mesma, os processos na segurança social, na mesma. Vamos continuar a ter crianças a mofar nas instituições e a ser eternamente o elo mais fraco. Mas delas poucos falaram. Afinal, ainda não dão votos nem escrevem artigos cool para os jornais.
Vitória uma me...da.

BG disse...

Jesus existiu... Pode acreditar-se ou não é na história da origem da sua existência, no que pregou ou nos milagres que concedeu... Pode acreditar-se ou não na existência de Deus... Mas o ser humano Jesus tanto quanto outras personagens históricas existiu.
Quanto ao bloco, pareceu-me apenas desnecessário!

Madalena Miranda disse...

True.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...