segunda-feira, 2 de maio de 2016

A palavra à educadora

"Olá Pólo,

  Imagino que já tenhas recebido 397489 mensagens à conta dos posts sobre as prendas do dia da mae e, legitimamente, já nem deves ter grande pachorra para mais… mas olha, apeteceu-me mesmo escrever-te. Não me sinto ofendida, indignada, aborrecida ou o que quer que seja, porque, de maneira geral, tu tens razão!

Apesar da minha lista de prioridades não ser exactamente o ‘original’ e ‘giro’, não deixo de concordar contigo. Enquanto a tua aversão é no sentido de ‘Ai caraças, que trambolho vou receber desta vez?’, a minha é ‘Ai f***-se, que coisa DE JEITO posso fazer com eles?’ Porque se é pra fazer alguma coisa, que seja com a participação deles, senão não faz sentido! Às vezes até acho que sou eu que sou bitchy porque muitas das prendas que vejo fazem-me revirar os olhos. Quer dizer, de certeza que, ao longo dos anos, também terei (se o bicho do desemprego me largar, claro) prendas menos bem conseguidas/ trambolhos wannabe mas, epah, há requisitos mínimos:

- Participação máxima das crianças (este já disse), tendo em conta as idades

- Ter alguma utilidade/ não seja apenas bibelot

 - Não obrigue os pais a ‘passar vergonhas em público’ (tipo colares, t-shirts)

- Não seja sexista (chama-me doida, mas irritaaaa-me que se faça uma merdinha pro carro – pano do pó, tapa sol - para o pai e um caderno de receitas para a mãe. Epah não. Então mas todas as mulheres têm de gostar de cozinha? Um caderno de receitas, pra mim, seria prenda para o Natal, para os dois.

 - (Ahhh, já me esquecia) A comida é pra comer, não pra fazer colares ou molduras. Há quem não tenha sequer um pacote de massa pra comer, não vamos fazer dela decoração. Isto é, para mim, o mais importante.

Quanto à parte do ‘giro’, também é importante que seja esteticamente agradável, claro… mas isso será sempre um pouco mais subjectivo Ah, só há uma coisa com a qual não concordo: acho que a prenda do pai tem sempre menos piada e é menos original, pelo menos do ponto de vista de quem idealiza. Mas pelos comentários, quem recebe acha o contrário. É curioso ;)
  E agora tu deves estar a pensar ‘Ui, esta fala fala…deve ter feito umas ricas prendas’. (Já fiz umas que me deixaram com o sentimento de missão cumprida e uma ou outra que nem tanto, confesso-te) Vou deixar-te a foto da última e depois tu dizes, numa escala de trambolho a girito, onde se situa ;)

P.S. – Gosto muito de te ler, és uma fixe e a tua Ana (mesmo sem nunca lhe ter visto a cara) é gira se farta!"
Ana Elias

* Com as cores que cada um escolheu (havia outras) Pronto agora é que ja não te chateio mais, mas era importante esta coisa do 'cada um escolheu' porque a cena da produção em série, tudo igual pra todos e toca a andar, também não está com nada.


Arranjem um emprego para esta menina, ó sff!

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...