domingo, 1 de maio de 2016

Feliz dia...



... não penses que falas comigo como se estivesses a falar com os teus amigos. Deves achar que eu sou tua empregada.  Ou apanhas os brinquedos todos do chão ou vai tudo para o lixo. Mas quem é que tu queres enganar? Quando tu nasceste já eu comia pão com côdeas. Pára de te encharcares em sumo que depois não tens barriga para a comida. Já lavaste os dentes? Tantos meninos a morrer à fome e tu a não quereres comer. Mau... Mau Maria! Vou contar até três: um, dois, dois e meio, dois e três quartos e... Não quero ouvir nem mais um piu. Já para o banho e nem mais um ai! Enquanto viveres debaixo do meu tecto as regras são as minhas. Pergunta ao teu pai! Tu não és toda a gente. O que seria desta casa sem mim? Liga-me quando chegares. Quando chegarmos a casa conversamos. Leva um casaco. Não fizeste mais que a tua obrigação. Isto não é um quarto, isto é um curral. Deves achar que o dinheiro cresce nas árvores. Come a sopa! E é já! O livro que tu estás a ler fui eu que o escrevi.  Isto não é cabaret da coxa! Estás tão magrinha! Se eu for aí e encontrar... Tu não me respondas! Um dia quando fores mãe vais-me dar valor. Não é depois: é agora!  Podes escolher um qualquer gelado menos de água.Andor: já à minha frente! Eu não te avisei?  Nem mas nem meio mas. Quem fala alto, sou eu!Estás aqui estás a chorar com razão. Respeitinho é bonito e eu gosto. Eu não te disse? Nunca me ouves. Bem que te avisei. Traz o troco. Não é já vou, vens e é já! Depois não te esqueças de me devolver os tupperwares! 

Sim. Porque eu estou a mandar.
Não. Porque não.


[Feliz dia da mãe!]

2 comentários:

Petra disse...

Ohhhhhhhhh ouvi tantas vezes essas frases da minha mãe pá!!! que nostalgia mulher!!!

raquel disse...

Igual!!!! Tudo igual!
E é tão booooom!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...