segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Ah, mas são verdes!


Era uma vez uma amiga que, a propósito da casa nova, decidiu-se a jardinar.
Comprou terra no Aki, comprou uma espécie de vasinhos mignon e um varão para os pendurar no IKEA e comprou sementes no mercado.
Pensou começar com sementes de coentros e assim o fez. Envolveu a filha na tarefa de semear, de regar e sempre prometendo-lhe que a primeira apanha seria para um arrozinho de coentros, receita da tia Manelita muito do agrado de toda a família.
Dá-se que a coisa cresceu e não deu coentros, pelo que, graça à pressão da filha e à troça do marido gostaria- está minha amiga- de confirmar que não vai cozinhar arroz de daninhas.

Agradecida aos verdes-entendidos que lêem este blog.

4 comentários:

Madalena disse...

Polo,

eu, filha de pessoa que gosta de agricultura biológica, te digo: é muito provável que isso sejam coentros e até parecem estar bem encaminhados. Os coentros que conhecemos vão nascer no meio dessas folhas (a salsa é igual, para o caso se quereres experimentar).

Ainda há esperança para o arroz de coentros, não deites isso para o lixo já.

Isabel Granés disse...

As folhas de coentro são muito parecidas com as da salsa..e vendem vasos já com a planta no Pingo Doce, podias trocá-Los às escondidas :D

Patrícia C. disse...

Super solidária deste lado porque uma "amiga" minha comprou uma linda flor e às tantas, depois de muito amor e carinho, tinha uma enorme erva daninha das que existem em qualquer canto...

Sabi disse...

São coentros sim :) dêem-lhes tempo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...