sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Toda a verdade sobre bochechas de porco

Temperas as bochechas com sal. Levas ao lume a refogar cebola, alho e louro mas não deixes alourar. Depois pões um raminho de alecrim fresco e uma chouriça alentejana, cortada ao bocadinhos, e polpa de tomate com tomate fresco cortado ao poucos. Só quando o tomate começar a desfazer é que juntas as bochechas e deixas ganhar cor de ambos os lados (se forem de boa qualidade vão inchar e parecer que ficam duras mas não te preocupes). Agora é regar com bastante vinho tinto até cobrir tudo e se preferires põe um pouco de molho worcester para dar um kick. .É esperar que cozinhe até as bochechas quase se desfazerem com o garfo e o molho ter reduzido e fica delicioso!"

A receita é do meu amigo Paulo Cabrito. 

E- pode ter sido sorte de principiante, que pode!- mas... fica mesmo delicioso!

3 comentários:

Cátia disse...

Não gosto nada de porco, ando a tentar deixar de comer... mas aqui em casa são fãs!
Gosto de ti ursa, sigo-te há alguns anos e fico velha só de pensar na idade da Ana! O engraçado é que sempre que faço anos lembro-me dela porque nasceu no mesmo dia que eu... 9 de Agosto :)
Um beijinho para as duas!*

Américo do Sul disse...

seguirei a receita...

Regina Pereira disse...

Adoro bochechas de porco! Costumo fazê-las guisadas. Irei experimentar desta forma pois parece deliciosa!!! ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...