segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

domingo, 18 de dezembro de 2011

O Mundo divide-se entre ... (especial época natalícia)

... as pessoas que acreditavam no Pai Natal e as que acreditavam no Menino Jesus.
... as pessoas que dizem prenda e as que dizem presente.
... as pessoas que rasgam o papel a abrir as prendas e as que descolam a fita-cola cuidadosamente.
... as pessoas que gostam mais do Natal e as que preferem a Passagem do Ano.
... as pessoas que comem bacalhau cozido e as que comem polvo assado na véspera de Natal.
... as pessoas que abrem as prendas na véspera de Natal e as que só abrem na manhã de dia 25.
... as pessoas que adoram "roupa velha" e as que nem sabem que se trata de um prato e não de indumentária.
... as pessoas que comem aletria e as que comem arroz-doce.
... as pessoas que sabem o que são "mexidos" e as outras.

A CONHECER | CONCURSO ONLINE de ESCRITA.

As organizadoras de tão nobre ideia pediram-me que a divulgasse e não há como não fazer. Isto é capaz de resultar em algo bem giro. 
O regulamento está disponível em: http://escrita-online.blogspot.com
Do que estão à espera?

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

O Mundo divide-se entre... # 55

... as pessoas que receberam ou receberão em breve um postal de Natal na caixa do correio e as outras.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

O Mundo divide-se entre... # 54

... as pessoas que mudam regularmente de número de telemóvel e as pessoas que conservam o mesmo número há anos.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

domingo, 11 de dezembro de 2011

O Mundo divide-se entre... # 52

... as pessoas para quem hoje ainda é domingo e as pessoas para quem amanhã já é segunda-feira.

Ser quadripolar: da teoria à prática # 3


"Pólissima,
Deixei-te uma fotografia no mural do FB, que nos custou uma "tourada" para encontrar um lugar de estacionamento, uma corridinha ao frio e uns olhares pouco amigos do dono do estaminé, que nos via insistir numa boa foto! "

Vanessíssima, 
A'Pólo Norte  you! (E preserva o guapo, que tem uns dentes fabulosos!)

Ser quadripolar: da teoria à prática # 2

"Ora fui eu toda prendada ontem aos correios enviar os postais para o Polar Postcrossing. Para minha sorte, a senhora que me atendeu é uma conhecida da minha mãe, chatinha como tudo. Claro que tive que levar com as perguntas do costume: Então está tudo bem lá em casa blá blá o que andas a fazer com a tua vida? blá blá Já fizeste as compras de Natal blá blá. Como eu nunca fui conhecida pela minha paciência, disse à senhora que estava com pressa e que precisava de enviar aquelas duas cartas, uma delas endereçada à Pólo Norte.

Cusca e esperta que só ela, olha para o remetente e diz: "Pólo Norte?? Que se passa contigo? Vais enviar uma carta para o pai natal?" Eu já a puxar para o irritada respondi que a carta não ia para o Pólo Norte, estava apenas endereçada à Pólo Norte. Resposta:

- Está tudo bem contigo? Se precisas de alguém estamos todas cá para ti. Saio daqui a bocadinho, queres ir falar um bocadinho? Esta altura é complicada para todos nós."


sábado, 10 de dezembro de 2011

Sobre o Polar Postcrossing (já não falava disto há mais de 24 horas, pá!)

Copyright (c) to Bem Passada
Diz que o separador ali de cima já está actualizado. E cheira-me que para a semana é que vão chegar postais de forma massiva.

Disse-me, também, o meu sócio da empresa no offshore que chegaram uns 17 postais para a ursa. E uma encomenda com bolos caseiros de canela que espero me sejam entregues para a semana (se o tipo não se lembrar de os comer antes!).

Pólo Norte <3 you all!

Queridos amigos do Facebook:

 Não me façam tags em árvores de Natal: não sou uma bola.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Ser quadripolar: da teoria à prática # 1


"Olá Polo Norte :)

A minha foto no Marquês de Pombal está incompleta :P ... falto eu a dar beijinho :(.
Eu conto como tudo aconteceu ...
Estava sozinha com as minha meninas no carro. Tinhamos ido ao circo ao coliseu. Lugares para estacionar não havia. Ir até ao centro da rotunda e deixar as meninas no carro sozinhas também nem pensar, seria uma insanidade. Leva-las comigo e atravessar a rotunda só para tirar uma fotgrafia, dava direito a tirarem-me a custódia das miúdas alegando loucura. Então após dar, literalmente, 4 voltas à rotunda do Marquês pensei que se fosse andando devarinho (nem imaginas a quantidade de buzinadelas que levei ... eheheheh) para que o sinal ficasse vermelho e conseguisse ficar mesmo à frente da Rotunda e da placa que diz Polo Norte era uma excelente ideia ...et voilá ... a minha melhor foto.

As minhas filhas só me diziam: " Mas oh mãe o que é que andas a fazer aqui ás voltas? Queremos ir para casa!" "Oh mãããeeeee, pleaseeeee!" ahahahahahah é de loucos mesmo.
Ainda pensei ir lá depois....hoje ou amanhã ... mas aqui em casa todos me acharam ainda mais louca.

Beijinhos
Béu, a Ruiva"



Merece o prémio Quadripolar honorária ou não?

domingo, 4 de dezembro de 2011

Porra, que ainda não afinei isto...

Há mais de um ano isto.

Hoje: isto?

Não era este, caramba!

Sra. Morte, que tal comprar um óculos novos?

Atenção, não tentem fazer isto em casa...

  • Isto é a rotunda do Marquês de Pombal, a rotunda mais movimentada de Lisboa:




  • Agora imaginem esta rotunda enfeitada para a quadra natalícia que se aproxima e com placas a dizer "Pólo Norte".
  • Agora leiam isto (carregar no link)
  • Agora pensem como a Pólo Norte: "Nããã, desta vez ninguém se vai chegar á frente. Malucos Quadripolares. mas não tanto!
  • Agora surpreendam-se: 



e como se uma quadripolar não chegasse:


E sai um almoço para a Marta e para o Carlos, porque "o prometido é de vidro"! ;)

sábado, 3 de dezembro de 2011

Pago um almoço a quem...

... me enviar uma fotografia a dar um beijinho à placa que diz "Pólo Norte" no meio da rotunda do Marquês de Pombal!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A EXPERIMENTAR | A Hora Española

As paredes pombalinas de pedra e os arcos ao longo da sala dão-nos as boas vindas. Ali, ao fundo, o balcão- agora depois das obras- mais discreto. Para dar protagonismo ao actor principal: o proprietário do sítio onde sou feliz tantas vezes, quando saio do trabalho e me apetece beber um copo de vinho sem rótulo, enquanto ouço castelhano. Um palco improvisado aqui. Umas luvas de boxe penduradas ali na parede. Jamon numa tábua gasta e queijos a enfeitarem as tapas.
Lá hora os minutos, portugueses, correm. Mas aqui dentro a hora- compassada e lenta- é espanhola.
Olé!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...