quinta-feira, 19 de julho de 2012

Orgasmo lésbico, mojitos, psicóloga especializada em comportamento de massagistas, máquinas de fazer pipocas e afins

Saí de casa dos meus avós em 2005. Desde então, tenho lutado, ano após ano, para que no Natal e no meu aniversário a família mais próxima não me ofereça coisas para a casa. O argumento é o mesmo desde há sete anos: não é a casa que faz anos, sou eu. E os avós, a mãe e a tia sempre perceberam a coisa. 
Mámen está formatado e, desde que me conhece, que consegue ser o tipo mais exímio na arte de acertar nas prendas. 
O namorado da mãe, por sua vez, encontra-se no extremo oposto. À pála disso já recebi um pijama da Hello Kitty e, o ano passado, ofereceu-ME um comando extra para a Wii, justificando que era para a minha mãe "ir lá a casa" jogar comigo. Grande cabrão!
Este ano a família começou a sondar-me. "Ah, ainda te faltam os intercomunicadores? Queres como prenda de aniversário?" ou "Vi uns fatinhos giríssimo na "Laranjinha". Queres um vale de oferta como prenda de anos?". 
Resposta: não! Sou eu quem faço anos, não é a Ana. "Ah, quem meus filhos beija, minha boca adoça!"- respondeu, ofendida a minha mãe. Disse-lhe que sim senhora, que tinha razão, que no aniversário dela ir-LHE-ia oferecer  um vale de oferta da Lanidor para que ME pudesse comprar roupinha à vontadex. "Para ti? Isso tem lá algum jeito?", ripostou, ofendida. "Ah mãe, quem tua filha beija, tua boca adoça!". 
Ontem fui "enjoiar" a prenda da minha amiga Xuxi. Aparentemente, a minha amiga mais recente mas a única que acertou na mouche. Tive um orgasmo proporcionado por uma mulher. 
Ok, ela era massagista e o  orgasmo foi de foro muscular mas, a verdade, a verdadinha, foi que, se retirar a parte em que ela me contou a vida dela  toda e pediu um bocadinho de terapia de marquesa, as duas horas de esfreganços, óleos, drenagens e apertos vários foram das melhores coisas que me fizeram nos últimos meses. E note-se que a duração da massagem era, originalmente, de 45 minutos. Xuxi, obrigada! És ab fab, dear!
Cheguei a casa a levitar. Agarrei num copo cheio de gelo e emborquei um mojito sem álcool enviado pela minha amiga Xana. Outra que sabe da vida! 
Aos 32 anos, percebo aquela coisa de que os amigos, às páginas tantas, nos conhecem melhor os gostos e os desejos que a família. Quase que posso jurar que o novo aspirador oferecido pela minha mãe ("ah, não queres prendas de mãe, então levas com prendas de dona-de-casa, para aprenderes!") se ria para mim, ao fundo da sala, ainda dentro do caixote. Bem como a nova máquina de fazer pipocas.
E eu nem gosto de pipocas. 

quarta-feira, 11 de julho de 2012

TPA: definição

A tensão pré-aniversário (conhecida pela sigla TPA) é uma síndrome que atinge pessoas lúcidas e que ocorre, em maior ou menor grau, nos anos que sucedem o 30º aniversário . É caracterizada por uma irritabilidade e ansiedade mais acentuadas, bem como manifestações físicas, como por exemplo azia, náuseas e cefaleias. Decorre do aumento de peso, aparecimento de primeiros cabelos brancos ou mesmo início de calvície no que diz respeito ao sexo masculino, menor resistência depois de uma noitada, primeiras rugas de expressão e gravidade nas maminhas, no caso das mulheres e do perímetro abdominal, no caso os homens. 
Sintomas associados: depressão, necessidade de fazer um corte de cabelo, ansiedade generalizada com recurso a compras desenfreadas no shopping, necessidade de recorrer a confabulação no que se refere à verbalização do número de anos a celebrar, transtorno do pânico, transtorno quadripolar. 
Causas médicas: acumulação de dias no couro.  

(Pronto, como diz mámen "estou às portinhas da morte"!)

segunda-feira, 9 de julho de 2012

A leitora mais quadripolar de todas

Casa-se.
Vai de lua-de-mel.

"A bordo do aviao da Tap com destino a Miami e aparece-me isto no ecran :) "
 "Ora então na Ocean Drive com vista para as palmeiras :) "


"E agora com vista para o outro lado, o restaurante cubano propriedade da Gloria Estefan onde almocei hoje e onde ontem almoçou o Mourinho (e ele nem quis quadripolarizar isto!!)
"Olha o nome do sitio onde almocei hoje em Miami beach :)"

" Nas Bahamas- só para ti!"

E, nos intervalos do mel, quadripolariza tudo a que tem direito.

Kelle, és a máior! Pumba, Miami está quadripolarizado!!

domingo, 1 de julho de 2012

Sabes que és quadripolar quando...

alguém te diz "É um badá, um badeum, badá" e tu continuas a cantar a letra non sense sem te enganares e com uma alegria esfuziante. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...