segunda-feira, 28 de julho de 2014

Em tempos de ócio, questionam-se pacotes de açúcar...

O Mundo divide-se entre quem rasga pelo meio os pacotes de açúcar em tubo porque reza que o seu inventor se suicidou porque ninguém o fazia e os outros.

5 comentários:

Margarida One more mum disse...

Tb soube dessa história, mas continuo a rasgar os pacotes de açucar de tubo, pela ponta!

Tb já está morto o homem, não é?

Nadinha de Importante disse...

Já ouvi isso, será verdade? Ou é um mito urbano?

Cristina disse...

mas mas mas rasgar qualquer pacote de açucar pelo meio faz com que o açucar se espalhe por todo o lado menos na chávena...


(no meu caso pessoal, agravado pela crítica maternal sempre presente "estás a estragar o pacote e não me deixaste ver se já tenho esse!!!!!!!!" Sim, mamã faz colecção de pacotes de açucar. Argh.)

Luís Camacho disse...

Bom dia Polo Norte e Ana,

Obrigado pelo seu comentário à profª Tânia Leal. Como responsável pela área da natação no Clube VII, ficamos orgulhosos sempre que algum elemento da EQUIPA deste Programa Aquático para Bebés é elogiado, ainda mais desta forma publica.
O Clube VII disponibiliza a todos quantos gostam de estar na água com os seus bebés este Programa que como refere e bem, não tem por base os Pais estarem apenas dentro de água com os seus filhos, mas terem algum proveito em várias frentes nomeadamente o desenvolvimento motor, a relação que a criança desenvolve com outras pessoas, o conhecimento que adquire sobre si mesma ao manusear/lidar com diversos materiais e equipamentos ao longo das sessões.
Apesar da tenra idade, a Água tem a mais valia de proprocionar experiências diferentes e educativas levando a que o comportamento futuro destas crianças em relação ao meio envolvente seja "diferente".
Acreditamos que a Ana tenha deixado Água na Boca a quem leu as suas palavras, pelo que se quiserem ter uma experiência, contactem o Clube VII para 925411705 ou através do e-mail luis.camacho@clubevii.com.
Obrigado pela experiência transmitida, votos de umas boas férias e até Setembro.
Luis Camacho

cinza disse...

Foi uma ideia, a meu ver como designer de produto e usuário, realmente espetacular dada a simplicidade e praticidade. Muito mais cómodo tanto para pessoas com limitações físicas como para qualquer utilizador sem restrições. Deixei de ter que abanar o pacote, e nunca mais espalhei açúcar para fora da chávena visto que o orifício é menor e, partindo o tubo, este fica dividido em 2 secções que libertam o açúcar de imediato sem ficar grãozinhos desperdiçados lá dentro e até nos permitem controlar a dose (reduzir para metade) apertando uma das extremidades ao partir o tubo. Tudo de uma forma muito mais simples.
O facto de as pessoas continuarem a sacudir o pacote trata-se de um hábito social incutido, acto impensado pois sempre foi assim. Mas se a inovação for introduzida de um modo intuitivo, aposto que as pessoas vão entender e a maioria irá tanto gostar da experiência como passará a utilizar o tubinho de açúcar da forma para que foi concebida. O problema do produto, penso que foi mesmo a falha na estratégia de marketing se é que existiu alguma...
Malta sejam inovadores! também não se adaptaram a smartphones e touchscreen? portanto, um pacotinho de açúcar é um grão à beira da tecnologia. ;)
Obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...