quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Como instrumentalizar uma desgraça e torná-la motivo de charme? Pólo Norte responde.

Pólo Norte chega muuuuito despenteada a um compromisso.

Primeira pessoa: "Beeeemmmm, veio de mota, foi? Não me diga que tem uma vespa da moda?! Tem todo o estilo para isso..."
Pólo Norte sorri.

Segunda pessoa: "Não, pá! Tem cara é de ter vindo de descapotável com a capota aberta, não vês?!"
Pólo Norte sorri.


(Cabrão do elevador do vidro do carro. Tinha que avariar logo hoje...)

sábado, 24 de setembro de 2011

"Eu não sou burra, eu sou distraída, tá?"

Sabes que estás a trabalhar demasiadas horas seguidas e a sair tarde demais do trabalho quando vais ao drive in do Burger King e pedes um "menu PVP" (preço de venda ao público).

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Desconsolo: definição

O coachee é giro que se farta. Tem umas pestanas grandes e uns olhos castanhos mel. Um tom de voz rouco, o timbre certo. Deentes imaculados, alinhados, sorriso perfeito. E quando lhe pedes que escreva numa folha, entre outras coisas, um verbo que o descreva ali consta a palavra "smail".

sábado, 17 de setembro de 2011

Sai um Fígado em vinha de alhos!

A noite acabou com a minha boca a saber a papel de música. 
Não sei se é dos trinta ou da privação involuntária da vesícula mas assumo que já não tenho vida para a má vida.
E custa. 

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

"Eu é mais númbaros"

Toda a gente se recorda da minha gaffe com a língua alemã, com os problemas que tive no domínio do castelhano, pelo que em nome da verdade, há que assumir aqui que da única vez que pinei com um francês e em pleno orgasmo o tipo exclamou "Putain", estou certa que a minha tradução literal comprometeu não só a possibilidade de um segundo round como quase que aposto gerou problemas futuros ao nível do desempenho do monsieur. 

Cuidado: este blog tem problemas de género

A verdade é que quer eu quer o Mr. Prezado percebemos tanto de Francês como da melhor técnica para a apanha da amora sem "fucking lixarmos" os braços todos com os picos.
Daí que no novo header conste "une blog" e não "un blog". Foi erro: erro de ignorância. Podia armar-me em boa e inventar aqui uma teoria que este é um blog de gaja, que quis armar-me em diferente, que o blog é meu e escrevo como me apetece e que por isso colocámos "une": mas não é o caso. Foi erro.
Em breve repomos a concordância de genéro, ça va bien?!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...