terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Vamos lá actualizar as quadripolarizações de 2013 : Angola a todo o vapor


"Querida Pólo,
Aqui tens um miminho ao vivo e a cores da Final do Campeonato Mundial de Hóquei em Patins em Angola, Espanha-Argentina, no Pavilhão Multiusos do Kilamba (Luanda). Deveria ter sido Espanha-Portugal, mas enfim!
Portugal conquistou o 3º lugar neste campeonato e por cá os tugas estão muito orgulhosos da nossa equipa!
Beijinhos!"

Susana, a quadripolarizar Angola com uma pinta do caraças! Obrigada, mangolé!

Vamos lá actualizar as quadripolarizações de 2013 : We'll always have Paris


Bisous, querida Teresa!

Vamos lá actualizar as quadripolarizações de 2013 : Saudades de eslovacalhar


"Pólo Norte,
Tu pediste e depois de eu me esquecer... Voltei a lembrar-me!
Aqui vai a vista da janela do meu quarto em Bratislava quadripolarizada. Que tal?"

Ma-ra-vi-lho-sa, Inês: maravilhosa!

Vamos lá actualizar as quadripolarizações de 2013 : A quadripolarização do país inusitado




"Cara Ursa, 

Contribuo, pela 1a vez, para a Cruzada Quadripolar. 
O destino não é exótico, as fotos não primam pela originalidade mas a beleza.... a  beleza natural de Kotor é  alucinante. É, assim, com orgulho desmedido que quadripolizo o Montenegro. 

ps - como reparaste, tentei escrever em servo croata.. :-)
ps 2 - por favor, ignora a data da agenda. isto foi em pleno Julho com 35°C

até breve,
"com açucar, com afecto" como diria Chico Buarque

Daniela"

Obrigada, DANIELA! Fiquei cheia de vontade de te seguir os passos e visitar Montenegro!

Vamos lá actualizar as quadripolarizações de 2013 : A quadripolarização que quase levou à cadeia




"Sôdona Ursa, tal como prometido aqui vão as fotos. Fique sabendo que o Guarda de azil me ia matando do coração porque me mandou um valente berro por me ter aproximado de mais do perímetro de segurança. São uns sensiveizinhos... Beijinhos à ursinha e seus progenitores Ana Pragana"

 Beijinhos Ana e espero que tenhas comido almôndegas suecas em bom, pá! (se o Guarda era giro devias ter-te entregado à luta, pá!)

Vamos lá actualizar as quadripolarizações de 2013 : A quadripolarização 4 em 1



Eslovénia


Liechtenstein


San Marino




Vaticano

"Tardou mas aqui estão! Só para que saibas quando entrei no Vaticano estava um sol espectacular... após a quadripolarização começou a fazer trovoadas secas e cinco minutos mais tarde uma carga d' água daquelas de filme de terror! Aparentemente o S. Pedro não achou piada à quadripolarização (na foto não se nota bem). Como bonús tens um pseudo João Paulo II. As outras fotos são de S. Marino, Vaduz (Liechtenstein) e Liubliana (Eslovénia). Beijos para os três, Mara Joaquim"


Obrigada Mara pela quadripolarização santa! Amei!



sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O Nel Monteirro da Torre

O jantar era de miúdas com duas das minhas melhores amigas com o pretexto do Natal. Há dois dias que tinha a prenda da Rosa lá em casa, um piriquito verde e estava mortinha para lho entregar em primeiro porque não gosto nada de pássaros sem ser nas árvores e em segundo porque a Ana também não é fã, pelo que, o bicho não era uma presença muito estimada cá em casa.
Assim que a Rosa abriu a caixinha com o Chiquinho II (vem substituir o Chiquinho que lhe morreu recentemente, passados uns 15 anos de habitar na sua casa, o que a deixou mesmo triste) foi uma alegria. Mas, mas... levávamos o pássaro para o restaurante? Pois claro que sim. 
O restaurante escolhido é novo e chama-se Mr. Pizza e fica ali na Torre, em Cascais. O ambiente é muito giro e as crianças têm um espaço para fazerem as suas próprias pizzas e os donos são... alemães. Ou então são familiarres do Conde de Contarrr pois falam com uma prrronúncia estrrrranha. 
Assim que entrámos agarrámo-nos ao saco onde transportávamos o Chiquinho, pois os senhores são tão simpáticos que só não nos levaram ao colo porque somos pesadas e estávamos mesmo a ver que iriam querer colocar os sacos com as prendas no bengaleiro ao pé dos nossos casacos. Chiquinho protegido e chega o empregado, de agora em diante designado pelo Nel Monteirro da Torre. 
Fui eu quem detectei logo as parecenças mas a minha amiga Rosa disse que não era bem assim que este tinha mais 1,50 cm que o Nel Monteiro original e a minha amiga Cláudia perguntou quem raios era o Nel Monteiro mas isso agora não interessa nada. 
O Nel Monteirro da Torre, tinha a mesma prronúncia de todos os empregados do restaurante com uma particularidade: ele estava em todo o lado. Eu virava-me para a direita  e o Nel Monteirro estava do meu lado a servir-me a bebida, a Rosa deixava cair o guardanapo e o Nel Monteirro ali estava a substitui-lo no mesmo segundo, a Cláudia olhava para a ementa e ali estava o Nel Monteirro a sugerir-lhe uma pasta, o Chiquinho piava e o Nel Monteirro ali estava a oferecer-nos queijo feta com pimentos saído do forno e a explicar-nos detalhadamente que vinha da Bulgária de um amigo deles que tinha uma quinta e mandava para Portugal em baldes o abençoado queijo (que era bom, sim senhora!), enfim, o Nel Monteirro estava em cada centímetro cúbico do nosso perímetro, ora a oferecer-nos panfletos para levarmos para casa ora a pedir-nos que preenchessemos num livro de visitas os nossos contactos de email ora a querer fazer-nos uma visita guiada à agrradável esplanada (estava frio, homem! "deslargue-nos!"), enfim, o homem estava em todo o ladão com o seu cabelo impecavelmente pintado de cor castanha Nel Monteiro. Era isso! Estava descoberta a semelhança: a mesma tintinha "Lórrrrreal" no mesmo cabelo com caracolito ao pé da nuca e ligeira poupa, um regalo para as vistas!
Acabámos o jantar e recomendamos o restaurante. Eu pisguei-me e deixei as miúdas para trás, não era por mim, o Chiquinho precisava de apanhar ar. Elas vinham desmanchadas a rir logo atrás e eu cheia de medo que o Nel Monteirro da Torre viesse colado às solas dos sapatos delas, credo, que o homem não desgrudava. 
A última vez que o vislumbrei estava à porta do restaurante, o que foi uma grande maçada pois os fechos das portas do carro da minha amiga Rosa estragaram-se e ela teve que entrar pelo porta bagagens e o carro levou uma trepidação tal que o Chiquinho que estava no saco em cima do tejadilho a repousar enquanto nos armávamos todas em contorcionistas ia voando dentro da caixa e tudo. 
Fomos beber o digestivo ao nosso bar preferido e, desta feita, o Chiquinho ficou no carro. Demorámo-nos pouco que a Rosa estava com medo que o pássaro se constipasse e em vez de "piu" largasse um "piun" anasalado mas juro que ao sairmos as três do bar, no meio de gargalhadas, tememos que o Nel Monteirro da Torre estivesse ali a abrir-nos a porta do porta-bagagem, à laia de carrapato, com as suas melenas castanhas e a prronúncia de conde de Contarrr.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Quadripolarização muuuuuito a Norte


"Olá ursa,
 
Diretamente do Zoo de Copenhaga um urso polar quadripolarizado. Infelizmente não sabia estar quieto!
 
Saudações ursinas"

 Tumbas: Dinamarca quadripolarizada!

(Obrigada, querida Heidi!)

sábado, 7 de dezembro de 2013

Ici bisous, petit quadripolares trés jolie!*


"Olá Pólo Norte (e restante família),

Sou a Carolina (à esquerda), sou quadripolar há... dois anos? e estou a estudar em Bordéus (ou "Bordeaux", para ser chique), onde converti a minha amiga Vera (à direita) ao culto Quadripolar recentemente. 

Hoje decidimos ir dar uma volta pelo centro da cidade para ver as decorações de Natal e encontrámos este casal de ursos polares. A associação foi imediata e dissemos logo: "temos de quadripolarizar isto". Depois do pânico por ninguém ter uma caneta e uma folha, um lenço de papel e o eye liner da Vera resolveram o problema. 

Esperamos que gostes! Nós por cá, tencionamos continuar a quadripolarizar esta bela cidade.

Beijinhos!"

(* O meu franciú está cada vez melhor, como podeis regardez...)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...